Mulheres lideram compras eróticas

Lelo Gold – o vribrador de R$ 39.500 /Foto: Reprodução

Bruno Astuto, na Revista Época

As mulheres se despiram da vergonha e estão cada vez mais atuantes no mercado erótico brasileiro. É o que diz uma pesquisa da Abeme (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual), que contabilizou um crescimento de 18% nas vendas dos brinquedinhos eróticos para elas.

As estrelas do momento são os vibradores de todos os tipos, que deixaram de vez a clandestinidade. E o investimento no setor é pesado. Para adquirir os Lelos, mimos feitos em ouro e vendidos somente por encomenda na loja A2 Ella, no Rio de Janeiro, devem-se desembolsar R$ 8.950 (Lelo Olga, ouro 24 quilates). Achou caro? Outra versão do vibrador, o Lelo Inez, custa a bagatela de R$ 39.500.

Ainda de acordo com a Abeme, as mulheres são as protagonistas do mercado erótico brasileiro participando de 68% do consumo em lojas físicas, 55% em lojas virtuais e 90% da compra com consultoras, em vendas domiciliares.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mulheres lideram compras eróticas

1 Comentário

  1. olá as mulheres querem muito mais,os homens que se cuidem

Deixe o seu comentário