Britânico é considerado culpado após ser achado nu na cama com cadela

Publicado por G1

Exame identificou DNA canino em material coletado no pênis do suspeito.
Kelly Thacker pegou o ex na cama com a cadela em 15 de janeiro de 2011.

O britânico Nicholas Saunders, de 46 anos, foi considerado culpado de ter feito sexo com a cadela de estimação de sua ex-mulher durante julgamento em um tribunal de Gloucester, no Reino Unido, segundo reportagem do jornal “Independent”.

Britânico Nicholas Saunders negou ter feito sexo com a cadela de estimação de sua ex-mulher. (Foto: Reprodução)

Durante o julgamento de três dias, Saunders negou ter mantido relações sexuais com o animal, mas admitiu que ficou nu na cama com a cadela chamada “Sasha”.

A ex Kelly Thacker contou que Saunders procurou aconchego no animal depois que ela recusou seus avanços. Kelly afirma ter encontrado o ex, com quem tem dois filhos, na cama tendo relações sexuais com a cadela em 15 de janeiro do ano passado.

Quando foi detido, Saunders forneceu amostras de material encontrado em seu pênis. De acordo com o promotor Frank Abbott, da Corte de Gloucester, exames forenses identificaram o DNA de um cão na amostra.

Essa evidência foi considerada crucial pelos 12 jurados (cinco homens e sete mulheres). A Justiça irá divulgar a sentença no dia 27 de julho. Mas Saunders está proibido de entrar em contato com a ex-mulher.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Britânico é considerado culpado após ser achado nu na cama com cadela

Deixe o seu comentário