Estudante americano é detido após tuitar plano de atirar em colegas de universidade

Publicado por UOL

A polícia americana deteve o estudante William Koberna após ele publicar no Twitter que tinha planos de realizar um ataque contra colegas da Universidade de Kent, que fica no estado de Ohio (EUA). O estudante de 19 anos foi preso na casa de seus pais no último domingo (29).

Na mensagem postada na noite do último dia 25, Koberna (tinha o perfil @Fuckin_McLovin, cancelado na rede social) ameaçou “atirar” em todos da universidade. O recado foi suficiente para ele ser preso por “criar um clima de pânico”.

De acordo com a reitoria da universidade em que Koberna estuda, qualquer ameaça deve ser investigada. “Precisamos que estudantes e empregados da universidade fiquem em segurança”, disse o reitor Lester Lefton para o canal de notícias local “Net 5”.

Amigos do estudante acharam exagerada a ação da polícia. “Eu não acredito que ele foi preso por causa de um tuite”, disse o Ashley Mikulec. “Quem viu metade dos tuites dele e ainda levou a sério tem que estar em um hospício”, completou Mikulec na rede social.

A prisão do estudante ainda é resultado de uma atmosfera de medo criada pelos ataques do atirador James Holmes no último dia 22 de julho. Holmes também havia mandado mensagens antes de fazer os ataques em um cinema na cidade de Aurora (no estado americano do Colorado).

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Estudante americano é detido após tuitar plano de atirar em colegas de universidade

Deixe o seu comentário