Bolívia expulsa Coca-Cola e anuncia falência do McDonald’s

Ministro de Evo Morales disse que expulsão ‘é parte das comemorações para celebrar o fim do capitalismo’

publicado originalmente no O Globo

A Bolívia decidiu expulsar a Coca-Cola do país, com o argumento de que o refrigerante está associado a infartos, derrame, câncer e, claro, capitalismo. O governo do país também anunciou a falência do McDonald’s por lá.

Segundo a Agência Venezuelana de Notícias (AVN), o ministro das relações exteriores boliviano, David Choquehuanca, afirmou em um programa de televisão que a expulsão ocorrerá em 21 de dezembro, “em sintonia com o fim do calendário Maia e será parte das comemorações para celebrar o fim do capitalismo e o começo da cultura da vida”.

Em substituição à Coca-Cola, o ministro defendeu o consumo de mocochinche (refresco de pêssego).

Quanto à rede de fast food McDonald’s, Choquehuanca comemorou que a empresa fechará suas oito lojas na Bolívia, após 14 anos em atividade, por não conseguir resultados positivos.

dica do Rogério Moreira

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Bolívia expulsa Coca-Cola e anuncia falência do McDonald’s

1 Comentário

  1. Uma coisa é certa: ganharão em saúde!

Deixe o seu comentário