Na China, futuros atletas sofrem com treinamento

Fernando Figueiredo Mello, no Yahoo

Criança chinesa treina para ser ginasta (Foto: Reprodução/Daily Mail)

Em lágrimas e visivelmente com dor, uma criança treina pela glória olímpica enquanto seu treinador de ginástica fica em cima de suas pernas. Os desenhos de foguetes e de animais vestidos de astronautas em seu pequeno vestido vermelho nos trazem uma forte lembrança de sua idade, apesar de ela treinar como uma atleta adulta no mundo ocidental.

Reportagem do jornal britânico “Daily Mail” mostra a chocante rotina de crianças visando a glória olímpica. O ginásio em Nanning, na China, é um dos muitos rígidos campos de treinamento ao redor do país nos quais pais mandam seus filhos para aprenderem a ser campeões.

Apesar de os métodos de treinamento parecerem extremos aos olhos do Ocidente, eles fornecem uma pista do ótimo desempenho dos atletas da China nos Jogos de Londres.

As estrelas da ginástica são conhecidas por começarem muito cedo e esse grupo de crianças não é diferente. Os pequenos já realizam uma dura rotina de exercícios nas barras, argolas e tablados.

Meninos e meninas que não passam dos cinco ou seis anos de idade são desafiadas a apresentações nas traves, nas argolas e também nos tablados, em sessões de treinamentos fisicamente extenuantes
Na mesma escola, outros jovens treinam para tentar repetir o sucesso da sensação chinesa de 16 anos, Ye Shiwen, que entrou para o livro dos recordes na noite do último sábado.

As fortes imagens de crianças chinesas chorando de dor foram colocadas na internet somente em janeiro deste ano.

Criança chinesa faz levantamento de peso. Foto: AFP

No meio dos exercícios, se as crianças se esquecem onde estão, uma grande placa na parede as relembram: “OURO”, simples assim.

Punições são frequentemente empregadas na rotina de treinos, para lembrar que a missão das crianças é bater os americanos e todos os outros adversários rumo ao pódio.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Na China, futuros atletas sofrem com treinamento

Deixe o seu comentário