Em MG, prefeito encomenda réplica do Cristo Redentor

BRAZ: “É a chance de reafirmar o meu amor” BRAZ: “É a chance de reafirmar o meu amor”

Publicado originalmente na Veja

De onde surgiu a ideia de fazer o Cristo?
Em 2004, quando fui eleito prefeito pela primeira vez, dona Lédia, minha esposa, me pediu um Cristo de presente. Não poderia negar um pedido desses a ela. Depois de 64 anos de casamento, é a chance de reafirmar o meu amor.

Seus adversários dizem que o senhor usou dinheiro público na obra.
Não faria isso e nem a obra caberia no orçamento da prefeitura. São 3,5 milhões de reais que estão saindo do meu bolso. Graças a Deus, os meus sessenta anos de vida empresarial no ramo de transportes me permitiram bancar esse presente maravilhoso.

Quando ficará pronto?
Em outubro. Isso se o tal do Ceará, o artista que está fazendo a estátua, não me enrolar mais uma vez. Paguei 150 000 reais a ele.

A oposição diz que a obra é eleitoreira, porque o senhor mandou fazê-la perto do pleito?
Eles podem dizer o que quiserem. Eu nem posso ser prefeito de novo. Só dou apoio ao meu vice na disputa.

Por que, aos 86 anos, o senhor resolveu homenagear a sua mulher?
Não há idade para presentear dona Lédia. Ela merece. Dona Lédia se dedica muito à família, tem um coração grande e está sempre sorrindo.

foto: Leo Drumond

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Em MG, prefeito encomenda réplica do Cristo Redentor

Deixe o seu comentário