Irã pretende se desligar da internet até o ano que vem

Publicado originalmente no Terra [via Jornal do Brasil]

O Irã pretende abandonar a internet global e criar uma rede própria até 2013, afirmou o chefe do Ministério da Comunicação e tecnologia  da Informação do país, Reza Taqipour, em uma conferência na Universidade Amir Kabir. Ele afirmou que a rede mundial “não é confiável” e que está nas mãos de “um ou dois países específicos”, sem especificar quais. As informações são do Business Insider.

Segundo Kabir, ministérios e órgãos do governo ficarão offline a partir de setembro, como parte de um esforço para proteger a inteligência nacional. A tentativa do Irã de criar uma intranet nacional não é novidade. O governo do Irã reiterou há mais de um ano sua intenção de desligar-se da rede mundial de computadores, por motivos de segurança e devido à censura que aplica a suas comunicações e à informações obtida na web.

O país foi alvo central de dois grandes ciberataques, movidos por algum Estado, segundo empresas de segurança. Em 2010, o vírus Stuxnet afetou uma planta nuclear. Neste ano, foi descoberto o Flame, um supervírus que vinha espionando e monitorando as redes iranianas.

foto: Business Insider

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Irã pretende se desligar da internet até o ano que vem

Deixe o seu comentário