Tal cão, tal dono: donos de cães considerados agressivos são mais agressivos

Natasha Romanzoti, no HypeScience

Segundo um novo estudo da Universidade da Rainha em Belfast, Reino Unido, os donos de cães de raças consideradas agressivas são também mais agressivos.

Isso não significa, é claro, que aquele cão será uma ameaça à sociedade – afinal de contas, o coitado do animalzinho não tem culpa (nem nunca teve) de ter tal fama, pois raças como a famosa rottweiler é que foram criadas como cães de luta pelos inescrupulosos humanos.

De qualquer maneira, o que estudo sugere é que sua companhia canina pode dizer muito sobre você.

De acordo com a pesquisadora Deborah Wells, os proprietários de raças de cães agressivos, tais como os estereotipados pastores alemães e rottweilers, são mais propensos a ser hostis e agressivos, em comparação com os proprietários de cães mais tipicamente descontraídos, como labradores.

Outra pesquisa de outubro de 2012, divulgada na revista Personality and Individual Differences, disse que donos de cães “brinquedo” – cães pequenos de companhia – pontuam bastante no traço de personalidade “abertura”, caracterizado pela valorização de novas experiências, enquanto os proprietários de raças pastorais e utilitárias, como collies, são os mais extrovertidos.

Da mesma forma, um estudo publicado em maio na revista Anthrozoos descobriu que pessoas com personalidades mais argumentativas são mais propensas a ter cães das raças bull terrier ou outras raças com mais reputação de agressividade do que raças mais agradáveis.

Qual cão você tem e o que isso diz sobre você? Veja aqui.

Agressividade x personalidade

147 donos de cães na Irlanda do Norte participaram da pesquisa. Só os proprietários de pastores alemães, rottweilers, labradores e Golden Retrievers preencheram um questionário de personalidade.

Os pesquisadores quiseram concentrar o questionário em raças que são comumente adotadas, mas em extremos opostos do espectro em termos de percepção pública do temperamento – pastores alemães e rottweilers são comumente percebidos como agressivos, enquanto labradores e retrievers são mais propensos a ser considerados como não agressivos, até brincalhões.

Dos traços de personalidade estudados, a única diferença entre os donos dos dois tipos de raças foi na pontuação de psicoticismo.

Calma! Não estamos dizendo que donos de cães agressivos são psicopatas, e sim mais propensos a serem psicóticos. O psicoticismo é um traço de personalidade marcado pela hostilidade, raiva e agressão. Psicoticismo é diferente de psicopatia, um distúrbio de personalidade caracterizado por manipulação e falta de empatia.

Sendo assim, os proprietários de raças estereotipicamente agressivas são mais propensos a serem agressivos do que proprietários de cães mais relaxados.

Uma pergunta que não respondida pelo estudo é se as pessoas agressivas escolhem raças de cães agressivos de propósito, ou até mesmo se os treinam intencionalmente para serem viciosos. Outros fatores além da personalidade, tais como alergia e tamanho, também podem influenciar a escolha da raça do cão. [NBCNews, LiveScience]

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Tal cão, tal dono: donos de cães considerados agressivos são mais agressivos

Deixe o seu comentário