Didi, um herege?

Felipe Cavalcante Costa, no Mero Cristianismo

Muito se tem dito estes dias sobre o filme estrelado por Renato Aragão, o Didi. Em blogs e perfis em redes sociais, simpatizantes ou seguidores do cristianismo, têm desencadeado uma perseguição religiosa contra o eterno Trapalhão.

Dentre tudo que li até agora, muito me choca a falta de sabedoria das pessoas que agem como massa de manobra com uma facilidade impressionante. O fato é que as informações sobre a película “O Segundo Filho de Deus” são pouquíssimas e mesmo assim, pessoas estão retirando dos celeiros tochas, garfos e porretes.

“Como Jesus veio à Terra e não conseguiu cumprir a sua missão, porque os homens não deixaram, Deus resolve mandar um segundo filho. Aí, sim, Ele cumpre a missão”, teria afirma Aragão (Gospel Prime). Tirando o fato de que a única informação que se tem de confiável seja o da revista Veja, que não menciona em tempo algum a afirmação acima, apenas blogs evangélicos propagam a informação.

Baseado na informação (ou desinformação) que se tem, afirmo realmente, A MISSÃO NÃO ESTÁ COMPLETA! Jesus durante seu ministério terreno deixou claro que havia chegado o reino dos céus e que uma mudança de mentalidade, metanóia, era necessária: “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus” (Mt 4:17). E por seguinte a máxima de que algo ainda não estava concluso: “E eu vos destino o reino, como meu Pai mo destinou” (Lc 22:29).

O “pontapé inicial” foi dado pelo Cristo que deixou instruções de como prosseguir com o reino, em particular no Sermão do Monte, somado ao sacrifício salvífico do qual somos agraciados com o perdão. Mas a continuidade do reino é responsabilidade “dos outros filhos de Deus”, eu e você.

No entanto, o que vejo é um grande número “cristãos” se preocupando com o que um humorista diz (?). Por que essa turma não se revolta contra as interpretações bíblica oriundas de interesses nababescos? Com a turma da televisão que está enriquecendo ás custas da ignorância dos famintos? Por que não se revoltar e fazer correntes, propagar imagens e criar abaixo-assinados em busca de mudanças sociais que visem cumprir o reino? Respondo: fazer uma nova inquisição contra o humorista é mais fácil e cômodo. Não precisa ler e aprender da Bíblia para corrigir o que está errado. Basta repostar uma imagem no facebook.

A hipocrisia e inércia da igreja evangélica me cansa. Como cristão e evangélico estou a cada dia mais decepcionado com tanta ignorância. Se a frase for mesmo do Didi, digo que é algo “profético”, pois os homens continuam a não deixar o reino de Deus avançar e assim a missão de Deus ser concluída. Que Deus não nos deixe dormir para sempre.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Didi, um herege?

Deixe o seu comentário