“Eu ia beijar muito, namorar muito, dar muito”, diz Xuxa sobre a hipótese de não ser famosa

Mauricio Stycer, no UOL

O tema era a fama, mas o último “Na Moral”, de Pedro Bial, acabou sendo sobre a fama de Xuxa, a principal convidada da noite. Ela dominou o programa, repetindo revelações que fez na célebre entrevista ao “Fantástico”, sobre violência sexual que sofreu na infância, mas também dando declarações bem engraçadas sobre o assunto.

Convidada a dizer o que faria se tivesse 15 segundos de anonimato, falou: “Eu ia beijar muito, eu ia namorar muito, eu ia dar muito… e ninguém ia escrever nada”.

Também observou: “A fama deixa a gente meio cega, surda e paralítica”. Chamando Bial de Pedro, foi chamada pelo apresentador de “Xuxazinha”.

A apresentadora disse que leu tudo que foi escrito sobre a entrevista ao “Fantástico” e ficou chateada por não ter sido compreendida. “Eu queria realmente ajudar”, disse, em tom de lamentação. Mesmo assim, voltou a contar que foi abusada por um namorado de sua avó.

Em clima de “Arquivo confidencial”, o programa mostrou depoimentos de parentes de Xuxa e de Viviane Senna, que falou da “paixão” do irmão, Ayrton, pela apresentadora. “A gente viu algo que você perdeu com a fama…”, completou Bial, falando de Senna.

Foi a oportunidade para Xuxa repetir a história, contada no “Fantástico”, que planejava se encontrar com o piloto no fim-de-semana de sua morte, mesmo sabendo que ele tinha outra namorada (Adriane Galisteu).

Xuxa também fez propaganda da marca de cosméticos que pagou para que ela mudasse a cor de seus cabelos e dançou com Bial no palco do programa. O apresentador encerrou a temporada do “Na Moral” prometendo voltar a se encontrar com o público em janeiro, no “Big Brother Brasil”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for “Eu ia beijar muito, namorar muito, dar muito”, diz Xuxa sobre a hipótese de não ser famosa

1 Comentário

  1. Rafael disse:

    A que ponto se chega, no desespero de aparecer na mídia, ser comentada …
    Te aposenta, Xuxa …

Deixe o seu comentário