Ver pornografia pode deixar cego, afirma pesquisa

Publicado no Universia Brasil

Vários mitos já foram inventados sobre a pornografia, mas segundo a pesquisa holandesa, ela pode realmente te deixar cego

Uma pesquisa realizada na Holanda sugere que ver pornografia realmente pode desligar certas áreas do cérebro que trabalham com estímulos visuais. Enquanto você pensa que está relaxado apenas assistindo a um filme, esta atividade pode estar envolvendo um intenso trabalho relacionado com a visão. Na realidade, o estudo revela que assistir a filmes pornográficos diminui o trabalho em partes do cérebro envolvidas na percepção e interpretação de estímulos visuais, em outras palavras, você pode realmente ficar cego.

Ao assistir a um filme com conteúdo sexual explícito, os fluxos de sangue parecem desviar-se dessas regiões, para as áreas mais baixas envolvidas no processo de excitação. Vários desses aspectos foram analisados pelo pesquisador e neurologista Dr.Gertdo Holstege, do Centro Médico da Universidade de Groningen, na Holanda, onde as experiências foram realizadas com mulheres heterossexuais, de diferentes faixas etárias.

Para analisar o cérebro, os pesquisadores mostraram três vídeos diferentes. Um deles era um documentário sobre a vida marinha no Caribe e os outros dois de conteúdo sexual: um com estimulação manual e cenas de alto teor erótico. Após a conclusão do estudo e análise dos resultados, os cientistas perceberam que durante o último filme, a excitação fica focada no cérebro, reduzindo significativamente o fluxo sanguíneo enviado para o córtex visual primário, o que impossibilita a visão.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ver pornografia pode deixar cego, afirma pesquisa

Deixe o seu comentário