Paulicéia desvairada: Operação Espantalho

Pessoas em situação de rua são expulsas da frente da Faculdade São Francisco com violência e ficam do outro lado da rua, enquanto os membros da Guarda Civil Metropolitana-GCM permanecem em frente da faculdade espantando todos os possíveis moradores.

No domingo, dia 9 de setembro de 2012, a GCM iniciou uma operação para expulsar as pessoas em situação de rua da frente da Faculdade São Francisco, localizada no Largo São Francisco, centro de São Paulo. Segundo moradores do Largo a ação foi violenta e sem diálogo.

Para João Batista de Souza Neto, eles não explicaram nada e logo foram batendo. “Estamos todos com medo de represália mais tarde, porque quando eles tiram a farda vêm bater em todo mundo aqui”, denuncia João Batista.

Nina Laurindo, do Núcleo de Direitos Humanos – Centro Nacional de Direitos Humanos da População de Rua esteve no local e ouviu as denúncias dos moradores para levar ao Ministério Público. Segundo ela, um dos moradores que apanhou não conseguiu fazer o boletim de ocorrência por ser morador de rua.

dica do Moisés Lourenço

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Paulicéia desvairada: Operação Espantalho

Deixe o seu comentário