Ao lado de cada igreja, uma escola

André Tadeu de Oliveira

Sinto-me orgulhoso em ter estabelecido um ótimo canal com ateus e agnósticos humanistas. Politicamente estou do lado desta turma em vários assuntos. Mas assim como no mundo religioso, há muita intolerância no dito mundo ateu.

Há um “Núcleo Ateísta…. ..”que afirma possuir como finalidade a luta contra o real preconceito existente contra ateus. Atitude louvável e que contaria com meu apoio. Contudo, navegando por este grupo, apenas deparei-me com ofensas infantis contra a crença religiosa. Pouco encontrei da tal defesa. Mas tudo bem ! É um direito que lhes cabe.Vamos ao assunto.

O citado grupo tem postado mensagens cujo lema é “Mais escolas, menos igrejas”, como se uma entidade excluísse outra. Tal premissa não tem o menor embasamento histórico.

Para não gastar muitas linhas, seria bom lembrar que nosso país, após ter sido invadido pelos lusos, foi, por muito tempo, esquecido pela corte lisboeta. Obviamente o investimento em educação foi praticamente zero. Contudo, existiu uma nobre exceção : a rede de escolas dos jesuítas! Quando Pombal, o primeiro-ministro iluminista, expulsou a Companhia de Jesus do Brasil, ocorreu um verdadeiro caos educacional.

No mundo protestante o forte interesse pela educação não seria diferente. Analisando a Escócia presbiteriana do século XVI, o renomado historiador francês Jean Delumeau escreveu;

“ Os presbiterianos escoceses se inspiraram preferentemente na Confissão Francesa de 1559, da qual trataremos mais adiante, e nos primeiros escritos de Lutero. A Assembléia de dezembro de 1560 pôs a funcionar um notável sistema de ensino abrangendo todas as categorias de estudos da escola primeira à universidade”. (JEAN DELUMEAU- Nascimento e Afirmação da Reforma”.

Para finalizar, reproduzo o link de uma comunidade luterana do sul do Brasil, onde a escola foi tão valorizada como a igreja.

É, acho que esta turma precisa de………. escola!!

fonte: Facebook

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ao lado de cada igreja, uma escola

Deixe o seu comentário