Colégio de Santos expulsa aluno que agrediu a professora

Publicado originalmente no site do Colégio Santa Cecília

Em respeito aos alunos, pais, familiares, professores, à comunidade acadêmica e em geral, o Colégio Santa Cecília esclarece, a bem da verdade:1. No dia 13/9/12, quinta-feira da semana passada, ocorreram atos de insubordinação da parte de um aluno de 15 anos, do 1º ano do Ensino Médio, que se dirigiu à professora, na classe, de forma intensamente desrespeitosa. O referido aluno fez ameaças físicas e verbais, chegando ao ponto de retirar das mãos da professora o diário de classe, que é um documento oficial da Escola.

2. Conforme robustas provas em nosso poder, já no final da aula, o adolescente pôs-se a apagar as anotações constantes no Diário.

3. A referida professora, em respeito à ordem e aos direitos dos demais alunos, tomou a iniciativa de tentar recuperar o Diário de Classe, um instrumento vital do histórico escolar do corpo discente, porque contém o registro das notas, avaliações, frequência às aulas e demais observações, feitas exclusivamente pelo professor. Quando a mestra tentou recuperar o importante documento, ambos os envolvidos foram ao chão.

4. Imediatamente, o inspetor de alunos entrou na sala e a ordem foi restabelecida. A Direção da Escola contatou os responsáveis legais pelo aluno, para que comparecessem à escola, norma de procedimento em se tratando de um adolescente. O aluno aguardou a chegada de seus pais na sala da Direção, como é de praxe.

5. A Direção já tomou todas as medidas cabíveis, além de encaminhar ao Conselho de Classe e demais departamentos todas as provas, garantindo, em todas as etapas, a apuração das condutas, e o sagrado direito ao exercício do contraditório e à ampla defesa aos envolvidos.

6. Lamentamos profundamente o ocorrido, um fato isolado, que de maneira nenhuma reflete o comportamento e a postura de sadia convivência no ambiente escolar de seus alunos, demonstrados ao longo de mais de 50 anos da existência dessa Instituição, que é, reconhecidamente, referência em Educação.

7. Decisão do Conselho de Classe:

Segundo prevê o Regimento da Escola, o Conselho de Classe se reuniu nesta sexta-feira (21/9) pela manhã, para deliberar a respeito do processo disciplinar desenvolvido, em reunião que contou, inclusive, com a presença do advogado do aluno. Após constatar que foi concedido ao aluno irrestrito exercício ao contraditório e à ampla defesa, considerando as imagens existentes, a versão e a defesa apresentada pelo estudante, que foi subscrita pelo advogado, o Conselho decidiu, de forma unânime, pela aplicação da penalidade de transferência compulsória, por entender que os atos praticados significaram falta gravíssima à luz do Regimento.

Fonte: Direção Geral

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Colégio de Santos expulsa aluno que agrediu a professora

1 Comentário

  1. Marilaide disse:

    Parabéns ao Conselho de Classe !!! Parabéns a Diretora que não exitou em defender a professora!!! Os pais deveriam se envergonhar da EDUCAÇÃO que dão a esse delinquente.Amanhã talvez sejam eles os agredidos…CUIDADO!!! “Educa a criança no caminho que deve andar e ainda qdo for moço, não se desviará dele”.(versículo bíblico)

Deixe o seu comentário