Bacon, presunto e salsicha em risco de “extinção”, a partir de 2013

 

Débora Spitzcovsky, para Super Interessante

Má notícia para os adoradores de alimentos derivados do porco (e excelente novidade para os defensores do vegetarianismo!): em 2013, artigos feitos de carne suína – como o bacon, opresunto, a salsicha e o torresmo – correm risco de entrar em “extinção” na prateleira dos supermercados. O alerta é da Associação Nacional de Porcos da Grã-Bretanha (NPA), que em nota afirmou que a situação já chegou a um ponto praticamente inevitável.

O motivo seriam as secas dos EUA, que estão cada vez mais intensas e frequentes por conta das mudanças climáticas. O fenômeno está afetando a agricultura do país e, consequentemente, aumentando o custo dos alimentos. Em julho, de acordo com o Banco Mundial, o preço do milho e da soja, usados para alimentar os porcos, teve um crescimento mundial de 25% e 17%, respectivamente.

Dar de comer aos rebanhos, agora, ficou mais caro e a única solução encontrada pelos produtores de carne suína foi sacrificar os animais. A carne de porco, em 2012, está excedente nos supermercados – nos EUA, por exemplo, a oferta aumentou 31% em agosto, com relação ao ano anterior –, mas em 2013 a tendência será oposta. Como o número de porcos criados para abatimento diminuirá, encontrar alimentos derivados da carne suína para comprar será mais raro – e, claro, mais caro também.

De acordo com a NPA, o único jeito de reverter a situação é pedir para que os supermercados paguem mais aos produtores – o que, consequentemente, implicaria no aumento do preço dos alimentos para o consumidor, mas em um nível menor do que aconteceria em 2013. E aí? Você pagaria mais pelo bacon agora para não ficar sem ele no ano que vem?

Foto: YellowFilter/Creative Commons

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Bacon, presunto e salsicha em risco de “extinção”, a partir de 2013

1 Comentário

  1. Casa do escritorio-elaine disse:

    Aaaah 🙁 kkk

Deixe o seu comentário