13 itens que logo vão desaparecer dos escritórios

Guilherme de Souza, no HypeScience

Se você, leitor, não consegue se imaginar trabalhando sem uma máquina de xerox por perto, é bom se preparar: estudo recente com mais de 7,2 mil profissionais do mundo todo feito por pesquisadores do LinkedIn apontou 13 itens (inclusive o xerox) que, da mesma forma que os disquetes e a internet discada, deverão “sumir” dos escritórios nos próximos anos.

Confira a lista:

  1. Gravador de fita;
  2. Fax;
  3. Arquivos com fichas de papel;
  4. Horário de trabalho padrão;
  5. Telefone de mesa;
  6. Computadores de mesa;
  7. Roupa de trabalho formal (terno, gravata etc);
  8. Escritório especial para gerentes/executivos;
  9. Cubículos;
  10. Pen-drive;
  11. Escritórios com porta;
  12. Cartão de visita;
  13. Máquinas de xerox (em tempo: o termo mais preciso é “fotocopiadora”; “xerox” é uma marca).

Sem se limitar a apontar itens que estão rumo à extinção, os entrevistados listaram tecnologias e hábitos que, acreditam, vão se tornar cada vez mais comuns nos próximos anos:

  • Tablets;
  • Armazenamento “em nuvem”;
  • Horário de trabalho flexível;
  • Home-office (trabalho em casa);
  • Vídeo-conferência;
  • Documentos baseados na web (ex.: Google Docs);
  • Uso de redes sociais para trabalho;
  • Roupas casuais.

Tirando um pouco os pés do chão, os entrevistados imaginaram recursos que, para eles, bem que poderiam existir:

  • Um assistente clone, para ajudar durante o dia;
  • Um local do escritório com luz natural;
  • Um lugar separado para tirar um cochilo;
  • Um botão de “mudo” para usar nos colegas.

E você, leitor, concorda com as previsões (e desejos) dos profissionais entrevistados?[LiveScience]

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 13 itens que logo vão desaparecer dos escritórios

Deixe o seu comentário