Logo da Apple corre risco de ser banido da Rússia e substituído por uma cruz

Maçãzinha da Apple pode ser proibida na Rússia

Publicado originalmente em F5

De acordo com o site australiano “Christian Today”, o problema seria que a fruta costuma representar o fruto proibido que fez com que Adão e Eva fossem banidos do paraíso.

Por isso, cristãos conservadores no país estão insistindo que o logo deve ser removido e substituído por uma cruz.

Uma nova lei proposta no parlamento russo que diz respeito a insultos e blasfêmias contravalores religiosos pode facilitar as coisas para os conservadores. De acordo com o site, existe grandes chances do presidente Vladimir Putin aprová-la, já que ele foi apoiado pela Igreja Ortodoxa Russa.

Além da substituição do logo, os conservadores podem também paralizar a venda dos produtos da Apple e condenar a companhia por se envolver em ações antirreligiosas.

O símbolo da marca foi criado há 35, sofrendo algumas modificações ao longo do tempo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Logo da Apple corre risco de ser banido da Rússia e substituído por uma cruz

Deixe o seu comentário