Mundo não acaba e “profeta” do Piauí é preso após vizinhos tentarem linchá-lo

Aliny Gama, no UOL

A PM (Polícia Militar) do Piauí invadiu o imóvel que abrigava um grupo de pessoas que aguardava o fim do mundo às 16h desta sexta-feira (12), em Teresina. O líder do grupo, Luiz Pereira, 43, foi preso pela polícia e levado para a Central de Flagrantes, onde presta esclarecimentos.

Segundo policiais da Central de Flagrantes, Pereira foi detido porque vizinhos queriam linchá-lo. Antes do horário informado pelo suposto profeta a polícia já estava cercando o imóvel para garantir que não ocorressem atentados contra as vidas dos seguidores e do suposto profeta. Dez minutos antes das 16h, policiais invadiram o imóvel e prenderam Luiz Pereira.

Apesar da prisão do líder, os seguidores continuaram os cânticos e orações à espera do fim do mundo.

Segundo a polícia, passada a hora anunciada, vizinhos do suposto profeta começaram a atirar pedras e tentar invadir o imóvel. Para conter os ânimos, a polícia soltou bombas de efeito moral e spray de pimenta.

Esclarecimentos
Na quinta-feira (11), Luiz Pereira foi conduzido à DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) para prestar esclarecimentos sobre a estada de 19 menores que estavam na casa sob os cuidados do suposto profeta.

Os jovens foram levados pelo Conselho Tutelar para um abrigo de menores. A retirada das crianças e adolescentes ocorreu com a presença de 100 homens da PM e Polícia Civil, que encontraram veneno escondido em um dos cômodos da casa.

O suposto profeta vai ser indiciado por abandono intelectual porque as crianças eram proibidas de frequentar a escola. O caso será entregue ao MP (Ministério Público Estadual).

O anúncio

Pereira anunciou que “a besta fera” iria aparecer nesta sexta-feira e iriam ser salvos os seguidores dele. Devido à suposta profecia, ele reuniu mais de cem pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Todos estavam confinados num imóvel localizado no Parque Universitário, sem ter contato com o mundo exterior.

Segundo relatos de testemunhas à polícia, há cerca de dois anos Pereira disse que havia recebido a visita de um anjo que anunciou o fim do mundo para esta sexta-feira, e ele começou a espalhar a mensagem para os moradores do bairro. Seus seguidores se afastaram da família, largaram empregos e ainda foram induzidos a doar os bens que tinham. Eles vivem o tempo todo fazendo orações e se alimentam de doações que chegam à casa do suposto profeta.

A reportagem do UOL tentou, sem sucesso, contatar o suposto profeta ou algum integrante do grupo.

foto: Dulce Furtado /Portal AZ

dica do Anésio Rodrigues

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mundo não acaba e “profeta” do Piauí é preso após vizinhos tentarem linchá-lo

Deixe o seu comentário