O que aconteceu nos quadros depois que todo mundo vai embora?

Bence Hajdu, um estudante da Universidade de Belas Artes, Hungria, teve uma ideia original durante suas aulas de geometria descritiva. Como sua tarefa resumia-se a encontrar e desenhar a perspectiva e a linha do horizonte em pinturas renascentistas e outras imagens com perspectiva de espaço significativo.

“Tarefa chata desenhar só linhas. Por que não pegar as pinturas renascentistas e apagar os personagens, para visualizar como os autores criaram a perspectiva?”, pensou.

“Eu vi que isso poderia ser algo excitante e continuei pensando e trabalhando. Depois de um tempo, me vi interessado pela nova atmosfera e os novos pensamentos gerados ao ver as obras sem seus personagens principais”, explica.

Ao ver-se o resultado desse experimento, criou-se um efeito interessante, que dá uma ideia do que aconteceu naquelas cenas depois que todo mundo foi embora.

A Última Ceia, de Leonardo da Vinci, 1495-1497
O juramento de Horacio, de Jacques-Louis David, 1784
Porto com as embarcações de Saint Ursule, de Claude Lorrain, 1641.
A Anunciação, de Fra Angelico, 1450
A Câmara dos Noivos, de Andrea Mantegna, 1465-1467
Anunciação, de Sandro Botticelli, 1489-1490

Fonte: Dailymail

Tradução: Agência Pavanews

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O que aconteceu nos quadros depois que todo mundo vai embora?

Deixe o seu comentário