O que foi a Reforma Protestante

Mônica Neves Pereira, em Agora

Em 31 de outubro de 1517, inicia-se uma divisão na igreja Católica que ficou conhecida como a Reforma Protestante, começando um novo movimento religioso conhecido atualmente como protestantismo, ou popularmente como evangélico.

Desencadeado pela divulgação das 95 teses de Martim Lutero, restaurou a vida eclesiástica e espiritual da igreja da época, pois havia se desviado seu foco da bíblia. Sendo assim nasceram cinco princípios fundamentais desta reforma:“A sola scriptura” que defendia uma igreja centrada nas escrituras sagradas, “A sola gratia” que reconhecia a salvação e vida cristã fundamentada na Graça do Senhor e não nas obras humanas; “A sola fide” evocava a fé e o compromisso de fidelidade com o Senhor Jesus; “A sola christus” anunciava que o próprio Cristo estava construindo sua igreja na terra sendo seu único Senhor e “A sola deo gloria” que enfatizou que a finalidade maior da igreja era glorificar a Deus.

Assim a Reforma Protestante começou a produzir uma série de questionamentos na sociedade da época, deixando de ser um movimento anti-papal, para se tornar um dos maiores avivamentos religiosos da história da Igreja. Surgiram paralelamente a Lutero outros movimentos reformistas destacando-se precisamente na Suíça, França, Escócia e Inglaterra. É neste momento que nascem e crescem muitos teólogos que mais tarde influenciariam o protestantismo pós-Lutero, iniciando a era protestante.

No Brasil não foi diferente e esse movimento entrou no País por homens e mulheres que se convertiam à palavra de Deus. Mas infelizmente o que vemos no protestantismo atual é um distanciamento do ideal pregado pelos reformadores. Realmente não vendemos propriedades no céu, mas em compensação, vendemos um evangelho de ilusão, na qual se tem a prática de venda de amuletos, como a rosa, o sal de Israel, a água do rio Jordão, entre outros. Prática que vende a ideia de que se aceitarmos Jesus nunca mais teremos problemas.

Isso é muito triste, por isso, diante de algumas palavras queria que pudéssemos refletir a verdadeira mensagem da cruz de Cristo e lermos mais atentamente as 95 teses, e quem sabe fazer uma nova reforma na fé protestante, pois o que sinto e vejo é que a igreja protestante tem se esquecido da sua principal missão no mundo. Falar de quem é Jesus e o que ele pode fazer por nós, seguindo seu exemplo de vida e amor para com todos.

Minha proposta não é que se abandone a fé, mas que se pense a fé assim como Lutero e outros o fizeram. E que nasça nos nossos corações um amor verdadeiro pela mensagem da Cruz de Cristo.

Feliz Dia da Reforma!

* Graduada em Letras-Furg e revisora gráfica

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O que foi a Reforma Protestante

Deixe o seu comentário