MEC inclui livro de Edir Macedo como material didático escolar e gera polêmica



MEC diz que o aluno não terá nada a perder e que a leitura do livro deve ser obrigatória

Publicado impagavelmente no G17

O Ministério da Educação resolveu adquirir 80 milhões de exemplares do livro de Edir Macedo, “Nada a perder”, para distribuir nas escolas como material didático obrigatório para o aprendizado do aluno.

A inserção da grande obra do fundador da Igreja Universal nas escolas gerou conflito no Senado Brasileiro, mas o MEC disse que não tem nada a perder.

O sucesso do livro é tão grande que o Ministério da Educação também recomendou a leitura para quem não é estudante. “Você não terá nada a perder, exceto um pouco do tempo”, disse a assessoria do MEC.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for MEC inclui livro de Edir Macedo como material didático escolar e gera polêmica

1 Comentário

  1. Abreu disse:

    Hahahahahahahahahahaha..

Deixe o seu comentário