Quando os logotipos não saem como o esperado

Publicado originalmente no Adnews

Todos sabem a importância dos logotipos para uma marca. Porém, colocados em posições delicadas ou em contextos diferentes, a mensagem que eles transmitem pode mudar radicalmente. O site Stock Logos separou alguns exemplos disso e o Adnews reproduz os melhores deles abaixo:


A porta da van da Starbucks, quando meio-aberta, formou a palavra “sucks”. Em inglês, ela pode significar “uma droga”.


No caso acima a propaganda da Toyota apareceu, fatidicamente, na página de uma notícia sobre um acidente de carro.


A The Computer Doctors não pensou muito na hora de desenhar o mouse de seu logotipo. No fim das contas, o objeto ganhou um formato comicamente fálico.


A A-Style também é autora de um sonoro “Fail” na hora de confeccionar seu logotipo. O “A” acabou ficando… Estranho.


O Centro Pediátrico Arlington possui um logotipo que pode ser lido de duas maneiras: um adulto cuidando de uma criança ou um adulto abusando de uma criança.


O Spa Hand Job, que também faz as unhas de seus frequentadores, possui um nome controverso: em inglês, a expressão pode significar masturbação. Ou seja, a grande inauguração acima pode ser lida de duas maneiras e, uma delas, bem mais maliciosa.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Quando os logotipos não saem como o esperado

Deixe o seu comentário