José Dirceu envia cartão de Natal e diz que ‘não se desespera’

Cátia Seabra, na Folha de S.Paulo

Condenado no julgamento do mensalão pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, o ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) enviou, por email, um cartão de Natal com o título “Desesperar Jamais”.

Nele, Dirceu afirma não ter se desesperado durante a ditadura militar e cita o julgamento do mensalão como “exemplo a ser apagado da história”.

“Hoje, sou vítima inocente de um julgamento que, em muito pouco tempo, será citado em livros e em salas de aula como um exemplo a ser apagado da história do nosso direito. E, como antes, não me desespero”, diz o cartão.

O ex-ministro conclui a mensagem de fim de ano com uma mensagem aos seus destinatários.

“Vou continuar lutando para que a verdade vença. Que você tenha forças para vencer. Para superar obstáculos e viver um 2013 com muita felicidade.”

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for José Dirceu envia cartão de Natal e diz que ‘não se desespera’

Deixe o seu comentário