Crimes que abalaram o Facebook em 2012

Camila Porto, no TechTudo

O Facebook foi vitrine para muitos crimes chocantes em 2012. Além das muitas novidades que surgiram na rede de Zuckerberg, os casos comoventes e as polêmicas envolvendo o site bombaram no ano que chega ao fim. Por isso, o TechTudo preparou uma retrospectiva dos temas que mais deram o que falar na rede social. Confira abaixo.

1. Jovens vão para cadeia após vídeo mostrar agressão à mulher de 48 anos

Agressão foi filmada e colocada na Internet (Foto: Reprodução)

Agressão foi filmada e colocada na Internet (Foto: Reprodução)

A cidade de Chester, nos EUA, foi palco para um crime revoltante. Quatro jovens invadiram a casa de uma senhora com problemas mentais e a agrediram.

Não bastasse toda a brutalidade, os rapazes filmaram toda a ação e publicaram no Facebook. O caso ocorreu em outubro e causou comoção e revolta, não só na cidade, mas em todo o mundo.

2. Jovens são acusados de matar idoso após postarem vídeo do crime no Facebook

Situação semelhante aconteceu em Chicago, também nos Estados Unidos. Três adolescentes assassinaram um idoso de 62 anos com pancadas. Malik Jones, de 16 anos, Nicholas Ayala, de 17, e Anthony Malcom, de 18, filmaram toda a ação e postaram tudo no Facebook.

Depois de ser compartilhado por centenas de pessoas, o vídeo chegou a um colega de trabalho de Delfino Mora, idoso morto. O homem chamou a polícia e os jovens foram presos. Jones, um dos acusados, pagou fiança e foi liberado.

3. Jovem é preso por ofender pelo Facebook criança de 5 anos assassinada

April Jones, de 5 anos, que foi sequestrada eassassinada (Foto: Reprodução)

April Jones, de 5 anos, que foi sequestrada e
assassinada (Foto: Reprodução)

A rede social também se tornou um lugar repleto de opiniões controversas. Matthew Woods, de 19 anos, usou sua conta no Facebook para fazer piadas de mau gosto sobre o sequestro de uma menina de 5 anos.

Woods brincou com o nome da menina sequestrada, April Jones, fazendo relação entre a data April Fools, dia da mentira, nos Estados Unidos. Depois das piadas, dezenas de pessoas foram até a casa do jovem, a polícia foi acionada e o prendeu. O jovem passou três meses na prisão.

4. Mãe usa conta falsa no Facebook para expor pedófilo para sua filha

O Facebook também utilizado para prevenir crimes. É o que Julie Myfors fez para salvar sua filha de um pedófilo. Ela criou uma conta falsa no Facebook e no Yahoo! e adicionou William Elms, de 19 anos. Afirmando ser uma jovem de 15 anos, Myfors conseguiu reunir conversas e imagens de Elms se exibindo. Após juntar todas as provas, ela levou o conteúdo à polícia, que prendeu o jovem. O rapaz já havia sido preso por violar a condicional ao ser acusado de abuso infantil.

5. Homem faz piada no Facebook no dia que é preso por matar adolescente

Rapaz estava drogado no dia do acidente (Foto:Reprodução/Facebook)

Rapaz estava drogado no dia do acidente (Foto:
Reprodução/Facebook)

Infelizmente, casos de assassinatos são comuns no Facebook e há quem não se importe em contar a todos. É o caso de Matthew Norcott, de 27 anos. Norcott foi acusado pelo assassinato de sua amiga, Lara Smith. Ambos estavam em um carro em direção à Hertfordshire, na Inglaterra.

Sob o efeito de drogas, o homem dormiu ao volante, causando o acidente que matou a jovem de 17 anos. Além disso, Norcott portava 13 comprimidos de ecstasy. Não bastasse o ocorrido, o homem usou o Facebook para fazer piada sobre a situação e contar vantagem aos seus amigos. Norcott publicou em seu mural que a data do julgamente seria “o dia mais rei de todos” e que sempre conseguia se livrar de situações difíceis. Neste caso, porém, o rapaz não teve a mesma sorte e foi condenado à sete anos de prisão.

6. Justiça condena jovens que mandaram matar menina por post no Facebook

Menina de 15 anos foi esfaqueada por conta de briga no Facebook (Foto: Reprodução) (Foto: Menina de 15 anos foi esfaqueada por conta de briga no Facebook (Foto: Reprodução))Menina de 15 anos foi esfaqueada por conta de briga no Facebook (Foto: Reprodução)

Discussões tolas no Facebook podem acabar em tragédia. É o caso da jovem Joyce Winsie, de apenas 15 anos, que ficou conhecido como “Assassinato do Facebook”. Depois de discutir na rede social com a colega de escola, Polly W., de 16 anos, Joyce foi assassinada em um plano arquitetado pela menina e Wesley C, namorado dela, de 18 anos.

O rapaz contratou outro jovem, de 14 anos, que por R$ 400 teria assassinado a jovem. O crime gerou muita comoção na Holanda pela frieza com que foi executado. O assassino chegou à casa de Joyce, a chamou e disse que tinha uma encomenda para ela. Ao abrir a porta, a jovem foi esfaqueada. O adolescente foi julgado e pegou um ano de detenção mais três anos em uma clínica psiquiátrica.

7. Pai mata filhos depois que ex-mulher trocou status no Facebook

Mais um crime bárbaro foi motivado por atualizações no Facebook. Depois de se separar da esposa, Graham Anderson passava alguns dias com os filhos de 11 e 3 anos. Um dia, após acessar a rede social, conferir o perfil da ex-mulher e perceber que ela mudou o status do Facebook para um relacionamento sério, o homem assassinou os dois filhos e se suicidou em seguida. O crime ocorreu em Wiltshire, na Inglaterra.

8. Após 25 anos, homens são libertados graças a post no Facebook

Irmãos comemoram chance de serem liberados dacadeia (Foto: Reprodução)

Irmãos comemoram chance de serem liberados da
cadeia (Foto: Reprodução)

Felizmente o Facebook também é usado para fazer justiça. É o caso dos irmãos Raymond e Thomas Highers. Ambos estiveram presos por 25 anos por um crime que não cometeram, em Ohio, nos Estados Unidos. Os dois foram condenados por homicídio, mas uma ex-vizinha usou o Facebook para abrir o jogo e falar que havia algo não esclarecido no caso, além de mais testemunhas.

As informações levaram a um ex-colega do homem assassinado, que afirmou que os reais responsáveis eram quatro homens negros, ao contrário dos irmãos. Após pagamento de fiança de R$ 40 mil, ambos puderam deixar a cadeia.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Crimes que abalaram o Facebook em 2012

1 Comentário

  1. claudia disse:

    ///////////////////////

Deixe o seu comentário