Juiz proíbe “Fantástico” de exibir denúncias contra corrupção na polícia

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121226171029.jpg

Publicado originalmente no Na Telinha

O juiz Federal Marcelo Costenaro Cavali proibiu a Globo de exibir uma reportagem no “Fantástico” do último domingo (23) sobre a cobrança de propina por policiais a comerciantes da rua 25 de Março, em São Paulo.

O pedido de censura partiu do advogado do delegado federal Adolpho Alexandre de Andrade Rebello, acusado de formar quadrilha, corrupção e violação de sigilo funcional.

A matéria especial, que continha detalhes das negociações dos policias com os comerciantes, foi anunciada ao longo de toda a semana passada.

A TV Globo informou que está avaliando medidas judiciais cabíveis contra a decisão do juiz.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Juiz proíbe “Fantástico” de exibir denúncias contra corrupção na polícia

1 Comentário

  1. Em primeiro lugar cidadão do bem confia em Deus, e em segundo lugar nas forças armadas, mas precisamos lembrar que o exercito não é um bisturi, e sim uma espada longa e afiada!
    O tempo urge; e o câncer da corrupção já atingiu os três poderes, e esta corroendo as entranhas da nação, o remédio para combater estas células cancerosas, é acabarmos com a imunidade e com o foru privilegiado dos corruptos.
    O mesmo cidadão que é obrigado a votar e eleger o político devera ter o direito de julgar este político em um júri popular, e se o corrupto for condenado, devera ser punido e devolver o valor surrupiado!
    É justo o político ter salário principesco repleto de mordomias, exercer vários cargos ao mesmo tempo, ter várias aposentadorias, ter duas férias por ano, décimo terceiro, décimo quarto, décimo quinto, ajuda moradia, ajuda combustível, ajuda vestimentas, cartão corporativo, e mesmo assim roubar, desviar, superfaturar, ser julgado por seus iguais, e ter a lei de imunidade para acobertá-lo?
    Se o poder emana do povo; e em uma democracia deve prevalecer o direito e a vontade da maioria, que estamos esperando?
    Seja político quem quiser, mas se for desonesto, devera ser punido e devolver o valor surrupiado! Este procedimento resgataria a justiça para a coletividade dentro de um verdadeiro sistema democrático! O resto é balela!
    Chega de demagogia, hipocrisia e privilégios!
    Para o bem da Nação, divulguem.
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA TERMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

Deixe o seu comentário