Pastor da Assembleia de Deus diz que vai “ferrar” a Forbes

O pastor Silas Malafaia
O pastor Silas Malafaia: ele não poupou na indignação contra a Forbes, a que chamou de “safados”

Depois de ter o nome publicado ao lado de uma fortuna de R$ 150 milhões, Silas Malafaia rebate revista norte-americana e diz que vai “ferrar” publicação na justiça

Marco Prates, na Exame

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que vai entrar na justiça contra a revista Forbes para “ferrar esses caras”. Na semana passada, Malafaia e outros pastores evangélicos “multimilionários” foram tema de reportagem da publicação norte-americana que listava o patrimônio de cada um e mostrava a fé como um “negócio altamente lucrativo” no Brasil.

Malafaia defende que seus bens somam 6 milhões de reais e não 150, como apontou estimativa da reportagem.

As declarações foram dadas à coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Ou seja, segundo o pastor, sua fortuna chegaria a apenas 4% do divulgado pela reportagem, que, por sua vez, alega basear-se em números da imprensa brasileira e, em alguns casos, do Ministério Público e da Polícia Federal.

“Vivo de renda voluntária. Eles me prejudicaram. (O fiel) vê aquilo e pensa, ‘ih, não vou (dar o dízimo), tá me roubando”, disse ao jornal.

Silêncio

Malafaia é o único dos 5 pastores mencionados a se posicionar publicamente contra a matéria da Forbes. Edir Macedo, que aparece como o mais rico do Brasil – com patrimônio de quase um bilhão de dólares – além de R.R. Soares, Valdemiro Santiago e o casal Sonia e Estevam Hernandes não divulgaram notas ou se manifestaram nas redes sociais.

No mesmo dia da publicação, Malafaia já havia divulgado resposta em que diz que nunca escondeu nada da imprensa.

“Se juntarmos a receita da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, QUE NÃO É MINHA, mais a receita da Associação Vitória em Cristo, QUE NÃO É MINHA, com mais o faturamento da Editora Central Gospel, que é minha propriedade, e mais as ofertas voluntárias que recebo por palestras dadas, somando tudo isto, não dá a metade do que eles anunciaram como receita pessoal minha. É só para vocês verem a safadeza e a cachorrada desses inescrupulosos.”, escreveu.

À Folha, Malafaia disse que os seis milhões de reais de seus bens se resumem a uma casa e um apartamento no Rio de Janeiro e na Flórida, respectivamente, além de três imóveis dados aos filhos.

foto: Valter Campanato/ABr

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pastor da Assembleia de Deus diz que vai “ferrar” a Forbes

6 Comentários

  1. Marcelo disse:

    É Viver de fé nesse país dá dor de cabeça!!! Imagina uma igreja em que ninguém dá nenhum dízimo!

  2. Homemzinho furioso esse. O tempo todo gritando e ameaçado pessoas. Seguindo à risca o evangelho.

  3. é manolos…mais egrejas e menas iscolas…..

  4. Uma revista como a Forbes não ia falar que esses caras eram ricos à toa. O mais impressionante mesmo é o cara negar na maior cara-de-pau! Todos agem igual ao Valdemiro, dizendo que não tem nada, mas a revista depois mostra os documentos, testemunhos.

  5. será que pastor paga tambem o dizimo? seria mais uma contribuiçao a causa de xexus

  6. o povo tem lingua grande…
    deixam… a Biblia diz:
    “quem usa de engano nao fica na minha casa”
    se ele n deve… vai em frente e os otarios linguarudos pagarão por sua prcipitação…
    pq o nome de Deus n pode ser blasfemado e usado seu santo nome em vão…

Deixe o seu comentário