Espermas diminuem 50% em jovens saudáveis que assistem a 20 horas de TV por semana

TV demais diminui contagem de espermas mesmo em jovens saudáveis AFP

TV demais diminui contagem de espermas mesmo em jovens saudáveis AFP

Em compensação, aqueles que fazem 15 horas de exercícios ou mais por semana têm contagem 73% maior. Qualidade do sêmen se deteriorou nas últimas décadas, segundo pesquisa

Publicado originalmente em O Globo

Homens saudáveis que assistem a mais de 20 horas de TV por semana têm quase metade da contagem de espermas em comparação com homens que assistem poucas horas de programação, indica um estudo publicado na revista on-line “British Journal of Sports Medicine”. Já aqueles que se exercitam por 15 horas ou mais por semana têm uma contagem 73% maior que aqueles que fazem poucos exercícios.

A qualidade do sêmen parece ter se deteriorado nas últimas décadas, embora o motivo não esteja claro, segundo os pesquisadores. Para descobrir se o sedentarismo era um dos fatores eles analisaram a qualidade do sêmen de 189 homens entre 18 e 22 anos entre 2009 e 2010, todos de Rochestes, no estado de Nova York, EUA.

No estudo os voluntários responderam sobre quantidade e intensidade dos exercícios semanais nos três meses anteriores e o número de horas passadas em frente à TV assistindo a DVDs, vídeos ou à programação no mesmo período. Eles também falaram sobre fatores que pudessem afetar a qualidade do esperma, incluindo problemas na saúde reprodutiva, dieta, níveis de estresse e tabagismo.

Mais da metade dos homens estava na faixa normal de peso e altura e três em cada quatro não fumavam. A prevalência de problemas na saúde reprodutiva era baixa.

A quantidade de atividades físicas (moderadas a vigorosas) semanais era de 5 a 14 horas, enquanto o tempo passado em frente à tela de TV variava de quatro a 20 horas. Homens mais fisicamente ativos (que faziam mais de 15 horas de exercícios físicos por semana) tinham mais tendência a uma dieta mais saudável que os que assistiam a muitas horas de TV e tiveram uma contagem de espermas 73% maior que os mais sedentários. Os exercícios no entanto não afetaram a mobilidade, formato ou volume da amostra.

Quando analisadas por intensidade de exercícios, os resultados mostraram que atividades leves não fizeram diferença na contagem de espermas, em qualquer frequência.

Já a TV teve resultado oposto: aqueles que assistiam a mais de 20 horas por semana tiveram a contagem de espermas 44% mais baixa que quem assistia por menos tempo, mas também não houve impacto na mobilidade, formato ou volume das amostras.

Os autores alertaram que a redução na contagem de espermas não necessariamente diminui a fertilidade masculina, mas as descobertas sugerem que um estilo de vida mais ativo pode aumentar a qualidade do sêmen.

dica do Felipe Nogs

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Espermas diminuem 50% em jovens saudáveis que assistem a 20 horas de TV por semana

Deixe o seu comentário