O amor é de Deus

Ariovaldo Ramos

imagem: Internet

imagem: Internet

“Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.” 1Jo 4.7

a ordem é amar ao outro

o amar ao próximo é o que confere a identidade da gente, o que deixa claro que a gente nasceu de Deus.

o amar ao próximo é que revela que, de fato, temos comunhão com Deus.

esse amar inclui todo o amor, inclusive, o amor que provoca a mais íntima das relações.

o amar encerra em si tanta relevância e revelação, porque o amor procede de Deus.

o amor é a síntese de todas as qualidades que Deus nos emprestou, para que a maldade, proveniente da queda, não fosse o único tom de nossa existência.

o amor vem do Deus Triúno, insiste o apóstolo.

e essa é a definição, a extensão e a limitação do amor:

amor é algo que vem de Deus.

se o que a gente está sentindo, e chamando de amor, não faz o Eterno sorrir para o que está acontecendo em nós, não é amor.

se Deus não sorri para o que está, por causa desse sentimento, sendo provocado por nós, então, não é amor.

o amor é de Deus, e só é amor o sentimento que faz o Senhor sorrir para o que estamos vivendo em relação ao outro, por causa desse sentimento.

fonte: Facebook

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O amor é de Deus

Deixe o seu comentário