“Viver é ficar em pé ainda que estejamos sentados”

tumblr_milbsaZSTt1s5m29po1_1280

Camila Kawanishi, no Meu Mundo Fantástico

“Viver é ficar em pé ainda que estejamos sentados” – é o que me disse o copo de Café Mocha com Chantily (simplesmente amo) numa tarde fria de Cambridge, Minnesota.

Eu e meu lindo marido, companheiro de todas as horas, resolvemos enfrentar o clima da era glacial para andar um pouco – uns 500 metros – nem que fosse para ir no Café ali da esquina, o Starbucks de Minnesota, chamado Caribou Coffee. Um lugar muito quentinho, aconchegante, onde pelo tempo que quisermos podemos esquecer que do lado de fora tudo congela.

Em minha mente borbulhante sempre passou a ideia de ter um blog, mas achava um pouco arriscado começar a escrever e depois criar a regra de que “preciso” escrever. O lance de obrigação muitas vezes tira o meu prazer em realizar algo divertido.

Mas, como vocês devem saber, eu machuquei minha mão e tive que passar uns dias sem poder fazer o que queria. Sair lá fora piora a situação da dor, ensaiar coreografias já era, fazer minhas tarefas da escola menos ainda.

Quando somos forçados a agir de maneira incomum ao que já estamos condicionados, nosso chão desaparece (literalmente), nos tornamos mais dependentes dos outros e lembramos que podemos fazer muito mais do que achávamos. que o diga minha mão esquerda!!

Umas das coisas que me lembrei foi que gosto de escrever. Às vezes posto algumas coisas no Facebook, alguns pensamentos e tal. Mas talvez o blog fosse um lugar onde eu poderia me expressar melhor. Além do que, amo ler também os blogs dos meus amigos.

Voltando à história da tarde na Cafeteria… Caminhavam em minha mente muitas ideias sobre o que escrever e quando li essa frase no copo, tudo o que estava pensando fez sentido. Bendito Café Mocha!

Em outras poucas palavras… a vida funciona produtivamente até quando descansamos, lemos um livro, um blog, jogamos Monopoly, assistimos um filme, tomamos um café com o marido. Geralmente todas essas coisas fazemos quando estamos sentados.

É muito bom descobrir que produzir, fazer a diferença, trabalhar e ajudar alguém; também tem a ver com: respirar, tomar o fôlego, apreciar, ler e olhar nos olhos. Isso não faz só um bem a nós mesmos. Vai além de nós. Uma mente descansada e um espírito manso pacifica qualquer situação de guerra; anima o corpo cansado do outro e traz esperança aos olhos quase fechados.

Você não precisa quebrar o braço para aprender essa preciosidade. Só chame alguém pra ir ali na esquina tomar um café.

Quem vos escreve é a Mão esquerda da Camila.

Um beijo a todos!!!!!

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for “Viver é ficar em pé ainda que estejamos sentados”

Deixe o seu comentário