Corte de cabelo de Jefferson fere regra, e TJD promete analisar o caso

Desenho de peixe de Jefferson chamou atenção durante vitória do Botafogo sobre o Fla

Desenho de peixe de Jefferson chamou atenção durante vitória do Botafogo sobre o Fla

Luiz Gabriel Ribeiro, no UOL

O Botafogo venceu o Flamengo na semifinal da Taça Guanabara e teve Jefferson como o seu grande destaque. O goleiro alvinegro conseguiu parar os atacantes rivais e foi decisivo para a vitória por 2 a 0.

Além das defesas, o goleiro chamou atenção também pelo estilo do cabelo. Homem de fé, ele fez homenagem com desenho de um peixe na cabeça. O símbolo religioso que significa prosperidade configura desrespeito às regras da Fifa.

O TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva) promete analisar o caso com atenção para definir se cabe uma denúncia contra o jogador. Não há, porém, possibilidade de o jogador ficar fora da final do Campeonato Carioca em caso de uma possível punição.

De acordo com a International Football Association Board, entidade ligada à Fifa e que determina as regras do futebol, é proibida a divulgação de qualquer mensagem religiosa dentro de campo pelos atletas. O artigo destaca que o jogador que infringir tais regras será sancionado pelo órgão responsável pela organização do torneio.

O Código Brasileiro de Justiça Desportiva também não aceita tais manifestações. O TJD-RJ irá analisar o caso e não descarta denunciar Jefferson por causa do desenho na cabeça feito especialmente para o jogo contra o Flamengo. E o Botafogo confirmou a alusão à religião do goleiro.

“É um caso novo e, a princípio, não tenho nenhuma objeção. Não vejo problemas de um cidadão explicitar a sua preferência religiosa. Mas o Código é extenso e não é possível saber todos os pontos dele”, destacou José Teixeira Fernandes, presidente do TJD-RJ. O mandatário ressalta, no entanto, que o assunto estará na pauta do Tribunal.

“Faremos uma apuração mais profunda. Se houver alguma ofensa à regra, vamos fazer a denúncia. Vamos pesquisar e não descarto [punição]”, completou Fernandes. De acordo com o presidente, se for o caso de Jefferson ser denunciado, não há tempo para a definição do caso nesta semana pois o atleta terá que ser notificado. O prazo seria de dez dias para um hipotético julgamento – que poderia terminar com absolvição, multa, suspensão ou advertência. Portanto, não há risco de o goleiro ser baixa para a final com o Vasco.

Os penteados diferentes de Jefferson não são novidades. O camisa 1 alvinegro costuma fazer desenhos, que se destacam com a cabeça raspada. Ele já fez declaração de amor para a esposa Michele com um corte. Também deixou uma estrela na cabeça, para lembrar o Botafogo.

Classificado para a decisão do primeiro turno do Campeonato Carioca, o Botafogo inicia preparação para o duelo com o Vasco nesta terça-feira. O clube alvinegro precisa da vitória para levantar a taça, já que fez campanha pior que o rival na primeira fase.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Corte de cabelo de Jefferson fere regra, e TJD promete analisar o caso

Deixe o seu comentário