Maria Gadú critica pastor Marco Feliciano durante show em Salvador

Cantora dedica música polêmica a deputado acusado de racismo e homofobia

O disco 'Mais uma Página', lançado em dezembro de 2011, traz 14 faixas, sendo oito delas de composição da cantora, e conta com participações especiais. (Fotos: Fabrine Maselli)

O disco ‘Mais uma Página’, lançado em dezembro de 2011, traz 14 faixas, sendo oito delas
de composição da cantora, e conta com participações especiais.
(Fotos: Fabrine Maselli)

Henrique Brinco, no iBahia

A cantora Maria Gadú soltou o verbo contra o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) durante o show deste domingo (10), na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. O espaço, com capacidade de receber até cinco mil pessoas, estava quase lotado.

Gadú cantou a polêmica canção ‘Podres Poderes’ e a dedicou ao pastor, acusado de racismo de homofobia. “Essa música é para a p**** do deputado Feliciano, que de feliz não tem nada”, disse, sendo ovacionado pela multidão. A apresentação faz parte da turnê ‘Mais uma Página’, que já passou por várias capitais do Brasil.

O repertório do show passeou entre as canções inéditas do novo disco e sucessos anteriores, como ‘Linda Rosa’, ‘A História de Lily Braun’ e ‘Dona Cila’. Além da bela interpretação de ‘Oração ao Tempo’, tema de abertura da novela ‘A Vida da Gente’ (TV Bahia/Globo).

gadu2

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Maria Gadú critica pastor Marco Feliciano durante show em Salvador

Deixe o seu comentário