Pessoas criando a sua cidade é o futuro?

Pessoas criando a sua cidade é o futuro?Holanda e arredores são lugares muito fodas. Tudo que é irado e que eu vejo na internet acabo descobrindo depois que acontece por lá. Eles realmente estão a um passo a frente do resto.Ano passado, eu acho, encontrei na internet um exemplo dessas coisas “iradas”. Era o I Make Rotterdam, um projeto de crowdfunding para construir uma passarela sobre uma avenida. A passarela tinha como objetivo ligar dois pontos da cidade que estavam meio divididos por causa dessa avenida, uma via rápida para carros que não dava muitas oportunidades para os pedestres atravessá-la. Dando espaço para as pessoas circularem, o comércio aumentaria e a zona voltaria a ter mais vida.Até aí tudo bem. Uma obra comum. Passagem para pedestres. Ok. Mas o incrível eu descobri depois. A passarela não era obra do governo, e sim da população. Eles estão financiando o projeto. É uma “obra púlica crowdfundiada”. Depois de ouvir do governo que a previsão para a construção de uma passarela no local era pra daqui 30 anos, eles decidiram agir. 30 anos era muito tempo.Durante a bienal de Rotterdam em 2011, o estúdio ZUS apresentou o projeto, e, após todos gostarem e a prefeitura dar o ok, começaram o crowdfunding para a ideia acontecer. Cada pessoa que doasse teria seu nome (ou frase que quisesse) gravada na ponte, que é feita de madeira. O que demoraria 30 anos para acontecer, demorou 1 com a força das pessoas.O projeto inteiro ainda conta com a recuperaração de um prédio abandonado, terraços verdes e parques. A ponte já foi, e o resto deve estar em vias de acontecer. Se tratando dos holandeses, não duvido de nada.

publicado no Shoot The Shit

Holanda e arredores são lugares muito fodas. Tudo que é irado e que eu vejo na internet acabo descobrindo depois que acontece por lá. Eles realmente estão a um passo a frente do resto.

Ano passado, eu acho, encontrei na internet um exemplo dessas coisas “iradas”. Era o I Make Rotterdam, um projeto de crowdfunding para construir uma passarela sobre uma avenida. A passarela tinha como objetivo ligar dois pontos da cidade que estavam meio divididos por causa dessa avenida, uma via rápida para carros que não dava muitas oportunidades para os pedestres atravessá-la. Dando espaço para as pessoas circularem, o comércio aumentaria e a zona voltaria a ter mais vida.

Até aí tudo bem. Uma obra comum. Passagem para pedestres. Ok. Mas o incrível eu descobri depois. A passarela não era obra do governo, e sim da população. Eles estão financiando o projeto. É uma “obra púlica crowdfundiada”. Depois de ouvir do governo que a previsão para a construção de uma passarela no local era pra daqui 30 anos, eles decidiram agir. 30 anos era muito tempo.

Durante a bienal de Rotterdam em 2011, o estúdio ZUS apresentou o projeto, e, após todos gostarem e a prefeitura dar o ok, começaram o crowdfunding para a ideia acontecer. Cada pessoa que doasse teria seu nome (ou frase que quisesse) gravada na ponte, que é feita de madeira. O que demoraria 30 anos para acontecer, demorou 1 com a força das pessoas.

projeto inteiro ainda conta com a recuperaração de um prédio abandonado, terraços verdes e parques. A ponte já foi, e o resto deve estar em vias de acontecer. Se tratando dos holandeses, não duvido de nada.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pessoas criando a sua cidade é o futuro?

Deixe o seu comentário