Site promete transformar ‘pé na bunda em felicidade’

Estudante de direito Rodolfo Abbud, 20, só soube que foi parar no site após receber centenas de mensagens no Facebook (foto: Joel Silva/Folhapress)

Estudante de direito Rodolfo Abbud, 20, só soube que foi parar no site após receber centenas de mensagens no Facebook (foto: Joel Silva/Folhapress)

Rayanne Azevedi, na Folha de S.Paulo

“Advogado, dono de fazenda, cabeças de gado e de um corpão. Muito carinhoso!” É assim que o estudante de direito Rodolfo Abbud, 20, é descrito em um site. Pareceria autopromoção, não fosse por um detalhe: o texto não é dele.

Circulando pelas redes sociais desde terça-feira (12), o site “Recomende Um Ex” (recomendeumex.tumblr.com) nasceu de uma missão quase altruísta: recomendar ex-namorados, rolos e afins queridos, mas com quem, por um motivo ou outro, o relacionamento não deu certo.

A atitude é a “chance de transformar a culpa ou o remorso daquele pé na bunda em felicidade”, como dizem seus idealizadores, os publicitários Carla Cortegoso, 26, Caio Andrade, 25, e Lucas Ohara, 21, que negam a pretensão de promover a agência para a qual trabalham.

“É só a vontade de fazer algo bacana pelas pessoas”, afirma Carla, que, para dar o pontapé inicial, indicou o ex-namorado, com quem não fala há cerca de dois anos. “Às vezes, o que não deu certo para você pode funcionar com outra pessoa.”

Nos primeiros três dias de atividade, o site recebeu mais de 200 indicações e amealhou 1.000 seguidores.

Para o psicólogo especialista em relacionamentos e professor da USP Aílton Amélio da Silva, não basta ter boas intenções. “Acho que a pior coisa é ser indicado por alguém que não te quis mais. Parece um ISO 9000 [certificação de qualidade] ao contrário.”

Abbud, “dono de fazenda, cabeças de gado e de um corpão”, só soube que foi parar no site após receber centenas de mensagens e solicitações de amizade no Facebook. “Estranhei quando, do nada, um monte de mulheres veio me adicionar. Perguntei para uma delas de onde eu a conhecia e só aí fiquei sabendo do que se tratava.”

Ele diz ter levado com humor. “Mas não acho muito legal ter a imagem divulgada assim, pode ser desconfortável para algumas pessoas.” Os coordenadores prometem retirar o nome de quem pedir.

A estudante de moda Coraline Sabourin, 23, e o publicitário Danilo Romeiro, 26, não veem problema em terem seus perfis divulgados no site. Outrora namorados, descobriram-se bons amigos há três anos. “Falei para ele que ia recomendá-lo, e ele fez o mesmo”, diz Coraline.

Os dois riem das circunstâncias. “Me chamaram para ‘comer uns churrasquinhos e dar uns beijinhos'”, diverte-se a estudante, que diz não estar levando as investidas dos homens muito a sério. Romeiro, enquanto isso, está de conversa com quatro garotas.

A estudante de administração Tatiana Ikeda, 20, ainda não foi parar no site, mas é simpática à ideia. “É como uma carta de recomendação. Para você passar muito tempo com alguém, tem que ser uma pessoa de caráter.”

Mas faz uma ressalva: não gostaria que a recomendação partisse do último ex-namorado. “A indicação de qualquer outro faria com que eu me sentisse honrada. Mas, se viesse dele, eu não sei se ficaria feliz ou se me sentiria rejeitada”, afirmou.

Lucas Ohara (à esquerda), Carla Cortegoso (na tela do computador) e Lucas Caio Andrade, criadores do site "Recomende Um Ex" (foto: Edson Lopes Jr./Folhapress)

Lucas Ohara (à esquerda), Carla Cortegoso (na tela do computador) e Lucas Caio Andrade, criadores do site “Recomende Um Ex” (foto: Edson Lopes Jr./Folhapress)

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Site promete transformar ‘pé na bunda em felicidade’

Deixe o seu comentário