Coca-Cola… Salvando vidas?

Publicado originalmente no Contraditorium

Existem poucas empresas mais odiadas pelos comunistas de butique do que a Coca-Cola, chega a ser divertido ver as acusações bestas, inclusive a de que o Sangue do Capitalismo tira empregos. Devem achar que todas as latinhas são enviadas por drones, de Atlanta, e na volta aproveitam para bombardear orfanatos.

Na verdade a Coca-Cola, tirando ser uma das marcas mais conhecidas do mundo, é uma empresa como qualquer outra, e como toda empresa inteligente, está aberta a novas idéias.

Simon Berry por sua vez é um cara inteligente e sabe que os problemas do mundo NÃO são causados pela Coca-Cola (talvez pela Pepsi), e descobriu uma forma de não odiar o refrigerante, mas usar sua estrutura para melhorar a vida de outras pessoas.

A idéia –genial- é que boa parte do custo de suprir regiões carentes e remotas de países pobres com medicamentos e outros bens essenciais é logística. Você tem que ter equipes de terra, que serão assaltadas, precisam de salários, levam tempo demais para cobrir os territórios e no geral, não funcionam.

Por outro lado, em qualquer lugar do planeta você compra uma Coca-Cola.

Simon diz: Que tal pegar carona na PUTA logística de distribuição da Coca-Cola, aproveitar a capilaridade deles e distribuir os kits junto?

Com isso ele se saiu com a ColaLife, uma ONG que viabilizou o projeto. Um estúdio de design criou uma embalagem especial que se tornou o AidPod:

aidpod_thumb

A embalagem é um kit anti-diarréia, uma das maiores causas da mortalidade infantil. Em formato de copo dosador, tem sabão, nutrientes, purificador pra água, tabletes de Sulfato de Zinco e pode significar a diferença entre a vida e a morte para uma criança.

cocalife_thumb

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Coca-Cola… Salvando vidas?

Deixe o seu comentário