Cansado de ser chamado de reacionário?

anuncio_vintage1

Publicado por Aline Valek

Sente saudades de um tempo que já se foi? Não sabe explicar para o seu filho por que o coleguinha tem dois pais ou duas mães, e não uma família como deve ser? Lamenta que pobres e negros possam entrar nas universidades, concorrendo a vagas que sempre foram suas? Cansado de ser chamado de reacionário por uma gente maluca que quer mudar coisas que para você estão ótimas? Pare de se chatear. Seus problemas acabaram!

Volte a viver em um tempo em que todos sabiam o seu lugar: o da mulher, na cozinha; o do negro, na senzala; o do gay, no armário; e o do pobre, bem longe de você! Agora isso é possível, com a nova Retro-Machine.

Desenvolvida pela Status Quo S.A. especialmente para você, a Retro-Machine permite que você viaje no tempo e volte para a época em que todos os privilégios eram seus e não era  preciso se preocupar com manifestantes querendo mudanças, já que seriam todos recebidos na porrada.

Usar a Retro-Machine é muito fácil: entre na elegante cabine projetada para todos os tamanhos e ajuste a data desejada no painel. Quer viver em uma sociedade onde mulheres que não seguiam a moral e os bons costumes eram queimadas em enormes fogueiras? Fácil! Gire o indicador do tempo para trás, até o painel mostrar o ano de 1450. Não quer se preocupar em dividir seu lugar na sociedade com negros? Ajuste o indicador de tempo para mostrar o ano de 1540.

anuncio_vintage2

A viagem é confortável e dura apenas alguns minutos. Você também pode acionar a função Ab-Shaper da cadeira para definir o seu abdômen e perder algumas calorias sem fazer esforço enquanto viaja. Não é incrível? O melhor é que, depois de usar, basta dobrar a Retro-Machine e guardar debaixo da cama. É super compacta!

Pare de perder tempo tentando converter gays e volte para um tempo em que eles não tinham coragem de se assumir. Adquira já a sua Retro-Machine e livre-se do incoveniente de lutar contra as mudanças da sociedade!

Viaje para a época em que a igreja tinha a última palavra, ou para o tempo em que mulheres não tinham voz. Viva em um mundo sem cotas para isso ou para aquilo, onde quem fazia as regras eram coronéis e fazendeiros! Ou ainda explore os ajustes pré-definidos como “Bons Tempos da Ditadura”, “A Terra Não É Redonda”, “Só Homens Ricos Sabiam Ler” e o incrível “Catequize e Escravize um Índio”. Você vai adorar o século XV! Aproveite e fique por lá. Para sempre.

Ligue agora e peça a sua Retro-Machine. Os dez primeiros que ligarem receberão inteiramente grátis uma palmatória de 60 cm para usar em crianças indisciplinadas e o Guia do Reacionário Atemporal, com mais de 2 mil receitas para manter o status quo da sua época preferida. Frete grátis para todo o Brasil.

Retro-Machine. Porque algumas pessoas não pertencem a este tempo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cansado de ser chamado de reacionário?

7 Comentários

  1. Daniel disse:

    Texto muito bem feito. Parabéns pela inteligência e estilo. Uma maneira inteligente de não discutir seriamente um assunto é, exatamente, ‘clichetizando’ e ridicularizando qualquer pessoa que não concorde integralmente com o seu credo. A igreja e a sociedade em geral dos tempos ‘retrô’ faziam isso muito eficientemente! Ôpa! Parece que isso é feito em todas as sociedades, em todos os tempos, inclusive agora.
    Se você se dispõe a seguir o trio-elétrico do momento, sentirá imenso apoio. Hoje, em vingança contra os tempos em que, como no clichet retrô, negros, mulheres, gays e pobres eram discriminados negativamente, tudo o que você fizer para favorecer esses grupos será liminarmente aplaudido. Por outro lado, qualquer tentativa de discutir se o sistema de cotas é a solução justa e efetiva será taxada de reacionária e o desafiante será rotulado como querendo manter privilégios. Não importa se o desafiante do novo senso comum é uma mulher negra lésbica que veio da extrema pobreza. O rótulo será pespegado incondicionalmente.
    A sociedade é assim mesmo – vive em movimentos pendulares, incapaz de manter-se em equilíbrio próximo ao centro. Ora se excede na proteção de um grupo discriminando outro, ora o outro grupo se vinga espezinhando o dominador anterior.
    Acredito que podemos fazer melhor do que isso daqui para a frente.

  2. portilho disse:

    E como temos ,admiradores dos donos da CASA GRANDE.

  3. Roni disse:

    Vivemos em tempos de Apartamentos Pequenos e não mais Casas Grandes, parece-me que as moradias modernas refletem as mesmas proporções da nossa pequenez reflexiva. Lógico e evidente que as disputas de idéias, quando conscientes, se dão no tablado das batalhas ideológicas, as minorias devem ter suas representações, suas vitórias, sejam por justificativas históricas, sociológicas ou fundadas na idéias de igualdade material, no entanto, elas não podem endemoniar os oproessores do passado e vender a idéia de que oprimí-los deve ser encarado como algo normal e aceitavel quando lhes convém, isso seria trocar 6 por meia dúzia, seria negar legitimidade a uma prática espúria e se valer dela quando lhe for conveniente, a isso dá-se o nome de Hipocrisia.
    É preciso se abrir os olhos para os discursos inflamados e repletos de cargas idoelógicas não manifestadas, para não se cair no mesmo erro que os alemães cairam quando da influência e discurso dos Nazistas que, em vistas de um sentimento nacional que lhes parecia vitimizar pelos resultados reflexos dos seus erros anteriores na !ª Grande Guerra, o povo alemão se deixou seduzir por um discurso esquizofrênico que lhes fizeram cometer atrocidades como que em estado de frenesi e loucura.
    É preciso se entender que uma opinião contrária a sua não te legitima para que você desqualifique ou seja violento com seu opositor, e isso não qem nada a ver com onde se mora, se em Casa Grande ou Apartamento Pequeno, mas sim, como respeito as amplas liberdades de expressão desse país tão diverso. Por isso parabenizo Daniel, só espero que ele e nem eu, sejamos jogados na Cova dos Leões.

  4. Mateus disse:

    Muito bom o texto. Adorei. Pena que os conservadores e reacionários não podem viajar (ou ser mandados) para o passado e ficarem lá mesmo.

  5. Ouphir Ozorio Pesch disse:

    Sinto que esse texto é exclusivista e utiliza de ironia para atacar alguém que pensa diferente do autor. Eu não me considero nem conservador, nem libertino, sou cristão. Esse texto é ambíguo, uma vez que tem clara intenção de clamar por liberdade de pensamento, obrigando quem pensa diferente a se calar. Seria no mínimo contraditório, se você considera sua ideia boa e verdadeira, então a debata e mostre que seus argumentos são bons já que “conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 7, 16), se realmente ser conservador for ruim o próprio tempo se encarregará de acabar com isso, se não for não cessara lembre-se que “agora, pois, eu vos aconselho: não vos metais com estes homens. Deixai-os! Se o seu projeto ou a sua obra provém de homens, por si mesma se destruirá; mas se provier de Deus, não podereis desfazê-la. Vós vos arriscaríeis a entrar em luta contra o próprio Deus.” (At 5,38-39)

  6. daivd disse:

    zzzzzzzzzzz…..

Deixe o seu comentário