A mulher que quer dar a luz a um tubarão

Segundo a artista Ai Hasegawa, gerar animais pode ser a solução para a crise na distribuição de alimentos

tuba2

Publicado originalmente na Galileu

Ai Hasegawa, artista japonesa de 32 anos, afirma que começou a sentir a pressão de seu relógio biológico. Ela sente vontade de gerar uma vida. Mas acha que filhos dão muito trabalho.

Ao mesmo tempo, ela gosta de pratos culinários exóticos, com ingredientes como carne de tubarão e golfinho. Mas, como estes animais estão ameaçados, ela não tem chance de incluí-los na sua dieta frequentemente. Juntando a sua vontade de gerar uma vida com a ameaça às saborosas espécies de animais, Ai teve uma ideia: ela pode dar a luz aos animais que quer comer.

Isso mesmo: a ideia dela é gerar um tubarão ou um golfinho em seu próprio útero para, depois, preparar um assado com o animal.”Eu quero gerar vida, eu não quero que 30 anos doloridos de menstruação tenham sido em vão. E ainda quero comer carne boa”, conta a artista, em entrevista para a Vice. E acredita que mais mulheres deveriam fazer a mesma coisa, evitando a superpopulação de humanos.

Segundo Ai, a ciência logo encontrará formas de tornar a gestação de diferentes espécies uma possibilidade. Ela teria discutido maneiras de tornar o útero feminino maior, o suficiente para poder abrigar um feto de outro animal com ginecologistas. A placenta, como vem do feto e não da mãe, poderia ser fabricada (sempre de acordo com Ai) modificando o DNA do filhote.

Ao ser perguntada sobre a popularidade de sua ideia entre as mulheres, a japonesa afirma que o perfil ideal seriam pessoas ricas, mais velhas e na menopausa.

E será que as pessoas concordariam em comer um animal gerado por uma mulher? Ou talvez um animal que saiu de seu próprio útero? Ai afirma que sim e conta que ela adoraria gerar um golfinho, soltar o animal equipado com um GPS nos oceanos por alguns anos, nadar com ele e depois comê-lo, para sentí-lo novamente dentro de seu corpo uma última vez.

Vale lembrar que, pelo menos por enquanto, não há nenhuma possibilidade de uma mulher ser capaz de gerar um feto de outra espécie dentro de seu próprio útero.

Via Vice

Modelo montado por Ai Hasegawa de um útero humano gerando um tubarão // Crédito: Divulgação

Modelo montado por Ai Hasegawa de um útero humano gerando um tubarão // Crédito: Divulgação

dica do Weuller Rogerio P. Faria

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for A mulher que quer dar a luz a um tubarão

Deixe o seu comentário