Com vinda do Papa, fornecedores de hóstias têm aumento nas vendas

hostias

Publicado no Terra

Com a vinda do papa Francisco ao Brasil, na Jornada Mundial da Juventude, que ocorre no Rio de Janeiro durante os dias 23 e 28 de julho, o mercado de hóstias, o pão sem fermento distribuído aos fiéis durante as missas, ganhou força e empresas do ramo tiveram que contratar até mais funcionários para conseguir suprir a demanda. Os eventos pré-JMJ também tiveram impacto nas vendas do produto.

Durante a Jornada, serão consumidas cerca de 4 milhões de hóstias, segundo informações da assessoria de imprensa do evento, e três empresas serão as responsáveis pelo fornecimento. Uma delas é a Hoste, que entregará à JMJ 1,5 milhão do pão, que no catolicismo é considerado uma parte do corpo de Jesus Cristo. De acordo com a proprietária Silvana Queiroz, a produção em função do evento foi dobrada, sendo necessária a contratação de mais funcionários.

“Para seis dias de Jornada, nos encomendaram 1,5 milhão de partículas, que são as hóstias consumidas pelos fiéis, sendo que, em um mês todo, produzimos em média cerca de 1,2 milhão. Para suprir esta demanda, contratamos mais três funcionários se para somar aos outros cinco que já tínhamos na fábrica. E eles serão contratados em definitivo”, afirma Silvana.

A fornecedora Hóstia Nossa Senhora de Fátima, de Minas Gerais, que vende hóstias para diversas paróquias de diferentes Estados brasileiros e é considerada uma das maiores do País no ramo, teve um aumento de 15% a 20% nas vendas. No entanto, segundo o gerente-administrativo da empresa, Ari Brum Júnior, o saldo positivo foi graças aos eventos que ele chama de “extra-jornada”.

“Para a JMJ, produzimos 1,5 milhão de hóstias, porém, é um número muito abaixo do que vendemos mensalmente, que gira em torno de 42 milhões. O saldo positivo é em relação aos eventos extra-jornada. Por exemplo, dia 28 de junho mandamos uma encomenda para uma paróquia do Rio com 800 mil hóstias. Também já tivemos encomendas do Piauí e Rio Grande do Sul, e todas foram para eventos que só foram realizados por causa da JMJ no Brasil”, ressalta o gerente da empresa, que afirma que um milheiro, ou seja, mil hóstias, são comercializadas a R$ 5.  Segundo Júnior, não foram contratados mais funcionários em função da JMJ.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Com vinda do Papa, fornecedores de hóstias têm aumento nas vendas

Deixe o seu comentário