Homens lutam cobertos de azeite em tradição centenária na Turquia

Cidade de Sarayici sediou 652ª edição do campeonato de ‘Kirkpinar’. Modalidade anual conta com atletas sem camisa cobertos com o óleo.

publicado no G1

Competidores cobertos de azeite de oliva participam da 652ª edição do histórico campeonato de luta “Kirkpinar” em Sarayici, na Turquia.

Na modalidade, os desafiantes passam azeite da cabeça as pés, ficam sem camisa e utilizam calças de couro especiais durante os combates. As lutas, que envolvem dois homens por vez, são realizadas da mesma forma há mais de 650 anos.

A cada ano, mais de três toneladas de azeite são aplicadas nos competidores do torneio centenário.

Jovens competidores se enfrentam durante torneio 'Kirkpinar' (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Jovens competidores se enfrentam durante torneio ‘Kirkpinar’ (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Tradição ocorre há mais de 650 anos na Turquia (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Tradição ocorre há mais de 650 anos na Turquia (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Competidor celebra após vencer uma das lutas do Kirkpinar (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Competidor celebra após vencer uma das lutas do Kirkpinar (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Coberto de azeite, lutador aguarda início do combate em Sarayici, na Turquia (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Coberto de azeite, lutador aguarda início do combate em Sarayici, na Turquia (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

As lutas, que envolvem dois homens por vez, são realizadas da mesma forma há mais de 650 anos (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

As lutas, que envolvem dois homens por vez, são realizadas da mesma forma há mais de 650 anos (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Durante o torneio são utilizadas mais de 3 toneladas de azeite, que cobrem os competidores sem camisa (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

Durante o torneio são utilizadas mais de 3 toneladas de azeite, que cobrem os competidores sem camisa (Foto: Gurcan Ozturk/AFP)

 

 

 

 

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Homens lutam cobertos de azeite em tradição centenária na Turquia

Deixe o seu comentário