Falar sobre si mesmo é tão prazeroso quanto sexo

376796

Márcia Garbin, no Virgula

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard e divulgada pelo Daily Mail apontou que falar sobre si mesmo é tão prazeroso quanto sexo.

Isto porque os cientistas fizeram um estudo sobre o motivo que faz as pessoas gostarem tanto da própria voz e descobriram que a reação química provocada ao falar sobre a própria vida é a mesma experimentada durante o sexo.

Durante a pesquisa foi feita uma digitalização do cérebro que possibilita identificar as mudanças no nível de fluxo de sangue em determinadas partes do órgão, diante de estímulos.

As regiões que apresentaram maior atividade são ligadas ao prazer sexual, do uso de cocaína e ingestão de doce. O pesquisadores entenderam que devido o prazer, as pessoas são estimuladas a falarem mais sobre elas próprias com regularidade.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Falar sobre si mesmo é tão prazeroso quanto sexo

Deixe o seu comentário