Instagram é apontado como rede social que mais causa depressão

(foto: Addiction blog)

(foto: Addiction blog)

Publicado originalmente no Olhar Digital

Análise publicada pelo site Slate concluiu que o Instagram é a rede social que mais causa depressão nos usuários devido a comparações entre os perfis que podem afetar a auto-estima.

Para Hanna Krasnova, pesquisadora da Universidade Homboldt de Berlin, uma foto apresenta indícios mais explícitos de pessoas sendo felizes, ricas e bem-sucedidas do que uma simples atualização de status. “Você não inveja um simples post”, defende.

Krasnova alerta para um efeito espiral: sempre que inveja a foto de alguém, o usuário tende a tirar outra na qual aparente estar mais feliz… e a competição se prolonga. Além disso, a pesquisa indica que as pessoas passam tanto tempo montando uma imagem bonita e escolhendo o melhor filtro que não percebem o tempo investido na rede.

Há uma série de estudos que avaliam o impacto que as redes sociais têm para efeitos de depressão. A pesquisa utilizada para esta notícia é: “Eles São Mais Felizes e Têm Vidas Melhores do que Eu: O Impacto do Uso do Facebook na Percepção de Outras Vidas”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Instagram é apontado como rede social que mais causa depressão

Deixe o seu comentário