Padre critica radares na capital após três multas por excesso de velocidade

‘Radar implicando comigo’, criticou na rede social.
Padre Mássimo Lombardi considera radares uma ‘armadilha’.

padre_massimo

Publicado no G1

Após receber três multas por excesso de velocidade no mesmo dia, o padre Mássimo Lombardi, reitor da Catedral Nossa Senhora de Nazaré, em Rio Branco, resolveu utilizar sua conta no Facebook, nesta quarta-feira (21) para protestar contra os radares nas vias da capital.

Na postagem, o sacerdote reclama que estaria sendo ‘perseguido’ pelos radares. Alegando estar apenas 5km/h acima da  velocidade permitida, ele questiona quem estaria se beneficiando com as multas.

“Radar implicando comigo. Por causa de poucos km a mais de velocidade. Quem ganha com tudo isso? Será que uma velocidade de 45km por hora pode ser considerada uma infração? Radares enjoados assim nunca mais”, disse.

Procurado pelo G1, o padre criticou a velocidade estabelecida pelos radares em Rio Branco, de 40 km/h. “Em todas as cidades do mundo o mínimo é 50km/h. Esses radares são configurados como armadilhas para os coitados dos motoristas”, salienta.

padre_massimo_reclama_de_radares

O padre contou ainda que essa não é a primeira vez que é multado. “Sou acostumado, todos os anos pego multas. É uma velocidade muito pequena que eles impõe”, conclui.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Padre critica radares na capital após três multas por excesso de velocidade

1 Comentário

  1. Ronaldo Castro disse:

    Padre que não respeita a vida. Deveria ter a carteira cassada por reincidência de multas por excesso de velocidade. Crie juízo seu” vigário!!!

Deixe o seu comentário