Mais de 1 milhão de baratas fogem de criadouro na China

Especialista sanitário pediu aos habitantes para manterem a calma.
Viveiro de reprodução ficava em uma granja da comunidade de Dafeng.

Viveiro de reprodução ficava em uma granja da comunidade de Dafeng (foto: Stephanie Pilick/DPA/DPA/Arquivo AFP)

Viveiro de reprodução ficava em uma granja da comunidade de Dafeng (foto: Stephanie Pilick/DPA/DPA/Arquivo AFP)

Publicado por France Presse [via G1]

Mais de um milhão de baratas escaparam de um criadouro no leste da China, onde um especialista sanitário pediu aos habitantes dos arredores para manter a calma, informou neste domingo (25) a imprensa local.

As baratas eram utilizadas para a fabricação de medicamentos tradicionais chineses, informou o jornal Xiandai Kuaibao.

As baratas escaparam depois que “um indivíduo não identificado” destruiu o viveiro de reprodução situado nesta granja da comunidade de Dafeng, acrescentou o jornal publicado em Nankim.

As autoridades sanitárias da província de Jiangsu enviaram cinco especialistas encarregados de uma operação de desinfecção para eliminar os insetos. Um especialista pediu a população não entrar em pânico.

O proprietário da granja, Wang Pengsheng, investiu este ano cerca de 100 mil yuans (US$ 16.200) para adquirir 102 quilos de ovos de periplaneta americana, uma espécie de barata.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mais de 1 milhão de baratas fogem de criadouro na China

Deixe o seu comentário