Mulheres mais bem-sucedidas têm mais dificuldade no casamento

Dinheiro não traz amor

Paulo Eduardo Nogueira, na Época Negócios

Homem não gosta de mulher endinheirada? (foto: Shutterstock)

Homem não gosta de mulher endinheirada? (foto: Shutterstock)

Uma ótima notícia para as defensoras da emancipação feminina: pela primeira vez na história, as mulheres americanas superam os homens na conquista de diplomas universitários. Trata-se de uma revolução no mercado de trabalho, com mulheres assumindo o papel de principais provedoras da família.

Agora, porém, a má notícia: uma recente pesquisa do Hamilton Project, uma organização de estudos econômicos americana, revela que os homens resistem a se casar com mulheres que ganham mais que eles. E, quando ocorrem, esses casamentos tendem a ser mais infelizes e suscetíveis a pressões, terminando muitas vezes em divórcio. Segundo um levantamento da organização, o índice de casamentos cai drasticamente quando a mulher começa a ganhar mais que 60% da renda do casal.

Para explicar esse fenômeno, os pesquisadores Marianne Bertrand, Jessica Pan e Emir Kamenica deixaram de lado as teorias econômicas clássicas e recorreram à psicologia: possivelmente os maridos detestam ser superados financeiramente pelas mulheres e elas, de seu lado, não conseguem manter uma relação com alguém ressentido.

Um dado curioso: num “comportamento compensatório”, muitas vezes as mulheres mais bem remuneradas acabam trabalhando mais em tarefas domésticas, para agradar ao marido.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mulheres mais bem-sucedidas têm mais dificuldade no casamento

1 Comentário

  1. isaias disse:

    Interessante. Muito interessante mesmo. A questão muitas vezes é que as pessoas, homens principalmente, foram educados por suas mães, logo as mães (mulheres) também, mas não só, são responsáveis por esse estado de coisas. Acusar os homens apenas é incompleto. Outro grande problema é que o Feminismo surge e tenta impor-se como resposta ao machismo. Se as pessoas só quisessem ser homens ou mulheres apenas aliás se elas pudessem ser do modo como nasceram (salvo algumas excepções), teríamos de certeza menos conflitos.

Deixe o seu comentário