5 coisas que deixam você mais inteligente

sheldon1Carol Castro, no Ciência Maluca

Aprender outro idioma, jogar sudoku ou palavra cruzada, blábláblá – tá, todo mundo sabe que isso deixa seu cérebro mais afiado. Mas a ciência já descobriu caminhos bem mais divertidos e fáceis para você ficar mais espertinho. Pode descartar a monotonia solitária do sudoku e apostar nestas outras dicas aqui para ficar mais inteligente:

FICAR DE MAU HUMOR
Pode deixar seu lado ranzinza correr solto. Numa pesquisa australiana, alguns voluntários assistiram a filmes curtos que os deixavam, propositalmente, de mau ou bom humor. Em seguida, todos passaram por testes de raciocínio lógico. Os mau humorados se saíram melhor do que os outros: cometeram menos erros e ainda se comunicaram melhor. É que, de alguma forma, o mau humor potencializa os caminhos de processamento de informações no cérebro.

PENSAR EM SEXO
Capricha na cena imaginária antes de se preparar para aquela reunião chata. Quando você pensa em sexo, seu cérebro ativa uma área feita especialmente para facilitar o processo de reprodução. Aí você fica mais atento e se dá conta de alguns detalhes que antes passariam batidos. Palavra do pessoal da Universidade de Amsterdã. Eles entregaram problemas de lógica e matemática para homens e mulheres. E quem  estava pensando em sexo alcançou pontuações mais altas.

COMER CHOCOLATE
Coma sem medo. Os médicos da Universidade Harvard pediram a 60 idosos para tomarem, por um mês, duas xícaras de chocolate quente por dia. Ao fim do prazo, eles se saíram melhor em testes de memória e raciocínio. É que o chocolate melhora o fluxo sanguíneo no cérebro, aí ele trabalha melhor. Ainda não se convenceu? Bem, o cardiologista Franz Messerli descobriu que os países de onde saem mais vencedores do Prêmio Nobel coincidentemente são grandes consumidores de chocolate… E disse mais: quanto maior o consumo de chocolate por habitantes, maior o número de gênios premiados com o Nobel, a cada 10 milhões de pessoas.

PARAR DE COMER CARNE
Só tenho uma certeza: haters gonna hate. Mas isso é ciência, gente. Pesquisadores da Universidade de Southamptonno Reino Unido, analisaram a dieta e o QI de 8 mil voluntários ao longo de 20 anos. E os vegetarianos levavam uma vantagem de cinco pontos nos testes de QI sobre os que comiam carne regularmente. Além disso, a turma da alface tinha os melhores empregos e mais diplomas de curso superior. Ainda não se sabe ao certo os motivos, mas eles desconfiam que a alimentação vegetariana possa aumentar a capacidade cerebral. Ou talvez a explicação seja mais simples: pessoas inteligentes se preocupam mais com o bem-estar dos animais. Aí deixam de comer carne.

SER O FILHO MAIS VELHO
Ok, essa depende do destino. Mas de qualquer forma, comemore se você for o primogênito da casa. Não adianta espernear. Um pesquisador da Universidade Estadual da Flórida analisou a relação entre as habilidades nos primeiros anos do colégio e a ordem de nascimento na família. E, olha só, entre os 12 mil entrevistados da pesquisa, os primogênitos demonstravam um desenvolvimento cognitivo maior do que os filhos do meio. Mas, calma, a notícia não é tão ruim se você for o caçula: nem sempre os irmãos mais velhos levavam a melhor em cima deles.

Crédito da foto: cbs.com

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 5 coisas que deixam você mais inteligente

2 Comentários

  1. Niroca disse:

    Não concordo com essa última! Na minha casa isso não corresponde a realidade. Minha irmã mais velha não pode ser incluida como exemplo nessa pesquisa. Na infância sempre se saiu muito bem nos estudos mas hoje, vive um caos criado por ela mesma e o que é pior, não consegue enxergar a realidade e reverter a situação

  2. Rogerio disse:

    Há algo de muito estranho nessas conclusões. O que o texto menciona dos estudos permitiria apenas estabelecer uma correlação entre inteligência e os fatores mencionados. Mas daí a estabelecer uma relação de causa e efeito é uma extrapolação violenta e altamente especulativa dos resultados. No texto, apenas os comentários sobre o vegetarianismo reconhecem outras possíveis explicações…

Deixe o seu comentário