A Liga: Deus em todos os lugares

InfoALiga2013_014Publicado por Band Entretenimento

No episódio desta semana de A Liga, Cazé foi à Unidade Prisional de Franco da Rocha conhecer o trabalho de quatro missionárias que pregam a palavra de Deus há mais de dez anos dentro das penitenciárias.

Parte 2 – Thaíde acompanha pagode gospel na Crackolândia

Parte 3 – Mari mostra a pregação da madrugada no centro de SP

Parte 4 – Rita Batista conversa com estrela do funk gospel

Parte 5 – Cazé conversa com detentos em Franco da Rocha

Parte 6 – Pastor Babão conta como entrou para a Igreja

Parte 7 – Mari se emociona com história de moradora de rua

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for A Liga: Deus em todos os lugares

1 Comentário

  1. Toda a boa semente, quando semeada em solo fértil, gera um excelente resultado. No meio desses caras existem os irrecuperáveis. Mas, existem aqueles que jamais pensariam em hipótese alguma que estariam hoje trancados tal qual um pardal em uma gaiola. Eu penso que o irrecuperável é só e somente só, aquele que nem ao menos te dá atenção. Eu pude ver uma gente temente e ordeira…observei que o presídio parou para ouvir essas valentes guerreiras do bem. Sério: se eu pudesse enviar pra esses caras uma mensagem, eu diria apenas isso: “Força rapazes! Vocês podem superar todos os grilhões da maldade que um dia se apoderaram de vocês. No simples fato de darem atenção ao s mensageiros do Grande Sábio e Poderoso Deus, vocês demonstram ao mundo que temem a Deus apesar das aparências geradas no interior dos críticos daqui de fora. Sigam suas vidas, sempre acreditando que podem sim mudarem o atual estado de coisas de vossas vidas. Jamais o mal prevalecerá num coração que se dispuser a deixa-lo. As raízes do bem são muito mais profundas no coração de quem dá um tempinho para Deus. Eu mando daqui meus votos de mudança geral e reviravolta total na vida de todos esses caras desse vídeo. E, aos mensageiros, eu digo: “-Como não admirar um trabalho tão especial e lindo como este de vocês!” Distante como estou, gostaria que lhes repassassem meu e-mail para trocarmos energia. Eu sempre vou dar um crédito a essas pessoas – assim como você o fazem, indo levar-lhes a Palavra de Deus. Eu acredito nisso! WILIAM JOSÉ TOMAZ

Deixe o seu comentário