Indiano de 14 anos ganha prêmio mundial de fotografia

destaque-600x400

Publicado no Hype Science

Udayan Rao Pawar, um indiano de 14 anos, foi reconhecido como o Jovem Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano em 2013, graças a sua fotografia belíssima cheia de crocodilos intitulada “Mother’s Little Headful” (algo como “a pequena cabeça cheia da mãe”).

A cena mostra gaviais (espécie de crocodilo) no rio Chambal, no estado de Madhya Pradesh, da Índia, uma área cada vez mais ameaçada pela mineração ilegal de areia e pesca.

Udayan disse aos juízes do concurso que acampou perto do rio durante a noite para obter essa imagem logo no início da manhã. “Quando amanheceu, eu vi essa cena”, disse ele. “A mãe subiu à superfície das profundezas escuras do rio, em resposta aos apelos guturais dos filhotes, que, em seguida, correram em sua direção e subiram em cima de sua cabeça exposta”.

Já o vencedor “sênior” de Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano ganhou por conta de uma imagem de elefantes. O sul-africano Greg du Toit disse: “Meu objetivo era jogar a precaução ao vento e abandonar práticas fotográficas convencionais na tentativa de capturar um retrato original de elefantes”.

A imagem feita por Du Toit mostra uma visão ao nível do solo de elefantes em um poço no norte de Botsuana. Ele usou velocidade lenta do obturador, filtro polarizador e um ajuste de balanço de branco para dar um ar “quase fantasmagórico” para a foto. E, justamente quando clicou o botão da câmera, um filhote de elefante correu em direção à lente do fotógrafo.

O resultado? A imagem premiada intitulada de “Essence of Elephants” (em português, “essência dos elefantes”).8C9392846-ss-131015-wildlife-photographer-10.blocks_desktop_large-600x377

“A imagem de Greg imediatamente nos catapulta para planícies africanas”, disse o fotógrafo Jim Brandenburg, presidente do corpo de jurados do concurso. “Esta fotografia se destacou tanto pela sua excelência técnica quanto pelo momento que capta – é verdadeiramente uma imagem única”.

Quase 43 mil fotografias foram enviadas de 96 países para a competição de 2013, realizada pelo Museu de História Natural de Londres e pela BBC Worldwide. Imagens incríveis foram selecionadas em 18 categorias, com foco em assuntos que vão desdecuriosidades animais a paisagens arrebatadoras.

As fotos de Du Toit, Udayan e outros vencedores devem ser apresentadas em uma exposição do museu a partir de sexta-feira (18). Eventualmente, a exposição sairá em turnê internacional. Enquanto isso não acontece, veja abaixo algumas das fotos mais belas do concurso:

“Snow moment”, ou “Momento de neve”, de Jasper Doest (Holanda), vencedor na categoria “visões criativas”

“Snow moment”, ou “Momento de neve”, de Jasper Doest (Holanda), vencedor na categoria “visões criativas”

“The flight path” ou “A trajetória de voo”, de Connor Stefanison (Canadá), vencedor do The Eric Hosking Portfolio Award, prêmio especial

“The flight path” ou “A trajetória de voo”, de Connor Stefanison (Canadá), vencedor do The Eric Hosking Portfolio Award, prêmio especial

“The water bear”, ou “O urso de água”, de Paul Souders (EUA), vencedor da categoria “animais em seu ambiente”

“The water bear”, ou “O urso de água”, de Paul Souders (EUA), vencedor da categoria “animais em seu ambiente”

“Sticky situation”, ou “Situação complicada”, de Isak Pretorius (África do Sul), vencedor da categoria “comportamento: aves”

“Sticky situation”, ou “Situação complicada”, de Isak Pretorius (África do Sul), vencedor da categoria “comportamento: aves”

“Lucky pounce”, ou “Ataque de sorte”, de Connor Stefanison (Canadá), vencedor do The Eric Hosking Portfolio Award, prêmio especial

“Lucky pounce”, ou “Ataque de sorte”, de Connor Stefanison (Canadá), vencedor do The Eric Hosking Portfolio Award, prêmio especial

“The spat”, ou “A disputa”, de Joe McDonald (EUA), vencedor na categoria “comportamento: mamíferos”

“The spat”, ou “A disputa”, de Joe McDonald (EUA), vencedor na categoria “comportamento: mamíferos”

“Dive buddy”, ou “Companheiro de mergulho”, de Luis Javier Sandoval (México), vencedor na categoria “comportamento: animais de sangue frio”

“Dive buddy”, ou “Companheiro de mergulho”, de Luis Javier Sandoval (México), vencedor na categoria “comportamento: animais de sangue frio”

“The cauldron”, ou “O caldeirão”, de Sergey Gorshkov (Rússia), vencedor na categoria “paisagem selvagem”

“The cauldron”, ou “O caldeirão”, de Sergey Gorshkov (Rússia), vencedor na categoria “paisagem selvagem”

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Indiano de 14 anos ganha prêmio mundial de fotografia

Deixe o seu comentário