Banda de hardcore não paga engenheiro de som e ganha versão dance de sua música

Grupo Altitudes se defendeu alegando que não estava ‘financeiramente estável’

Publicado em O Globo

RIO — “O que acontece quando uma banda de hardcore não paga o engenheiro por todo o tempo e suor que ele colocou na mixagem? Eles ganham um horrível remix dance de graça.” Foi dessa forma que Dan Atkinson resolveu dar uma importante lição para músicos iniciantes: nunca dê calote no engenheiro de som.

O grupo Altitudes contratou Dan para gravar seu primeiro single e videoclipe, publicando até mesmo um teaser há dois meses. Acontece que, depois de terem todo o material gravado, os integrantes acharam que podiam adiar o pagamento. O engenheiro então preparou sua vingança, transformando a banda em piada na internet.

“Eu gravei o áudio, filmei a banda no meu estúdio e então decidi gravar um som dançante no mesmo tempo da canção deles”, explica Dan nos comentários do YouTube. “Simplesmente peguei os vocais dele e coloquei sobre uma base dance, então acrescentei o novo áudio ao vídeo que já tinha editado. Foram os melhores 30 minutos da minha vida.”

O vocalista do Altitudes, Alexander Ruiz, que aparece no vídeo cantando de aparelho nos dentes e com a voz vacilante, tentou justificar seu erro, também pelo YouTube. “Basicamente não estávamos financeiramente estáveis na época, mas PRETENDÍAMOS pagar”. A desculpa não colou e centenas de comentários criticaram a falta de profissionalismo do grupo.

O calote da banda foi parar no Reddit e o assunto se tornou um dos mais comentados da internet nos últimos dias. O vídeo já tem mais de 600 mil visualizações.

dica da Rina Noronha

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Banda de hardcore não paga engenheiro de som e ganha versão dance de sua música

Deixe o seu comentário