Jovens preferem Twitter a Facebook

Estudo mostra que adolescentes norte-americanos estão em busca de redes sociais onde os pais não estejam tão presentes

Publicado no Meio e Mensagem

A utilização de mídia social está amadurecendo e, à medida em que mais plataformas surgem e ganham força, anunciantes e profissionais de marketing começam a se planejar para estratégias baseadas nos novos cenários deste mercado. Para isso, uma das maneiras mais efetivas de identificar as tendências é olhar para um grupo demográfico extremamente conectado com o universo digital: os adolescentes. Para mapear as preferências dos jovens norte-americanos, a Piper Jaffray realizou um estudo com mais de 8,5 mil adolescentes, com média de 16 anos, que aponta mudanças no cenário da mídia social. De acordo com a pesquisa, pela primeira vez, os internautas nessa faixa etária elegeram o Twitter como a rede social mais importante, desbancando o Facebook.

Crédito: Divulagação/eMarketer

A ascensão do Twitter e o declínio do Facebook mostra que os jovens estão em busca de novas redes sociais e, com isso, mudam seu comportamento online. A pesquisa mostra também que o Instagram e “outras redes” aumentaram em mais de 10% a preferência com os internautas em relação ao ano anterior. Em outras palavras, esses resultados dizem menos sobre a disputa entre Facebook e Twitter, e mais sobre o novo comportamento dos adolescentes na busca por redes sociais onde os pais não estão presentes.

Crédito: Divulagação/eMarketer

Os dados do estudo não deixam qualquer dúvida de que o uso do Facebook está em declínio entre os adolescentes. De acordo com outra pesquisa, a RBC Capital Markets, neste ano, 41% dos usuários da rede social, entre 16 e 18 anos, gastaram menos tempo no site em relação ao ano anterior. Além disso, o estudo mostra que 35% destes internautas disseram que utilizarão cada vez menos a plataforma no próximo ano. Apesar da mudança de comportamento entre os mais jovens, relatórios do eMarketer mostram que o percentual de internautas, entre 12 e 17 anos, que utilizam o Facebook, permanecerão na rede social até 2017. E, durante esse período, o Twitter apresentará crescimento constante dentre esta faixa etária de internautas.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Jovens preferem Twitter a Facebook

Deixe o seu comentário