Desilusões Perdidas: 20 requisitos para ser jornalista

Duda Rangel (*) no Comunique-se

0-0-0-jornalistaRequisitos básicos:

1. Gostar de ler.
2. Ser inquieto e questionador.
3. Não ter medo, vergonha, preguiça.
4. Ter engajamento social (não é a mesma coisa que curtir uma balada, ok?).
5. Ter prazer pelo que faz.

Requisitos desejáveis:

6. Capacidade de levar esporro e engolir o choro.
7. Capacidade de receber o contracheque e engolir o choro.
8. Ter um nível de vaidade moderado.
9. Não se importar em levar uma vida PJ.
10. Domínio de idiomas estrangeiros, afinal a vida real não é uma novela da Glória Perez.

Requisitos que agregam valor, geram diferencial competitivo e outras merdas do gênero:

11. Ter boas sacadas de pauta e de personagens. Incrível, mas pensar é diferencial.
12. Escrever um texto de 20 linhas sem um errinho de Português. Ainda mais incrível.
13. Aproveitar as tecnologias, mas sem ser refém delas.
14. Capacidade de ir para a rua e interagir com seres humanos de verdade.
15. Ser craque em concordância, principalmente concordar com a escala de folgas e plantões.

Requisitos imprescindíveis:

16. Desapego a essa coisa chamada dinheiro.
17. Desapego a família, datas festivas, namoro e churrascos num domingão de sol.
18. Estômago resistente a comida tosca, café por períodos prolongados e falta de comida por períodos prolongados.
19. Ser forte, persistente, guerreiro e… porra, e essas lágrimas? Dá para engolir esse choro?
20. Paciência. Muita paciência.

0-0-0-duda(*) Personagem criado pelos gêmeos Anderson e Emerson Couto, o jornalista Duda Rangel é autor do blog Desilusões Perdidas e da fan page Jornalismo com Bom Humor. O blog originou o livro A vida de jornalista como ela é, à venda pela web aqui.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Desilusões Perdidas: 20 requisitos para ser jornalista

Deixe o seu comentário