“Pontes vivas” protegem os animais e purificam o ar

Publicado no Catraca Livre

Para amenizar o impacto das grandes rodovias que atravessam florestas, parques e reservas, países como Holanda, Alemanha, Canadá e Austrália construíram as pontes vivas. As passagens verdes permitem a travessia de animais com segurança ao mesmo tempo que contribuem para reduzir a quantidade de CO2 proveniente dos automóveis.

Um dos exemplos mais bem sucedidos de “ecoduto” é o do Parque Nacional Banff, no Canadá. Ao todo são 41 passagens, pelas quais circulam mais de dez variedades de espécies diferentes de grandes mamíferos. O ideal é que o solo da passarela tenha as mesmas características do solo da floresta em questão e seja coberto por diversas espécies de plantas da flora nativa.

ponte_verde_autobahn ponte_verde_3 ponte_verde_2

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for “Pontes vivas” protegem os animais e purificam o ar

Deixe o seu comentário